Carrega na catraca?

A edição 771 do Jornal do Ônibus, produzida pela Prefeitura através da SPTrans e colada nas janelas dos coletivos por aí, está surpreendentemente ligada a um dos temas da campanha eleitoral desse ano — exibe os numerões dos postos de recarga do bilhete único espalhados nas regiões. O folheto é válido até o fim de outubro.



6 Responses to “Carrega na catraca?”

  1. Esse jornal tem uma info falsa: diz que você pode carregar com R$ 2,30 e usar o bilhete. Porém, grande parte dos postos de recarga estipulam um valor mínimo para carregar o bilhete.

  2. Pesquei o post e coloquei lá no Blog Coletivo (http://blogs.abril.com.br/coletivo) com os devidos créditos, acrescentando o comentário abaixo…

    Eu só não diria “surpreendentemente” pq justamente esse tema é um dos pontos-chave nesta campanha. Cada um usa as armas que pode. A Marta falando sobre o apoio e a grana que pode ter do Governo Federal e o Kassab usando a máquina também para valorizar o que tem feito. Só espero que quem ganhe com essa história sejamos nós, que pegamos os coletivos, né?

  3. “Senhor, infelizmente estamos sem sistema.”

    Essa é a minha realidade.

    Pra mim o “carrega na catraca” ia ser beeem melhor.

  4. o mínimo é R$ 8,50 para carregar.não nada contra mais é tanta mentira.
    aonde vamos parar minha gente.

  5. Este panfleto, não seria um típico caso do uso da maquina administrativa em prol campanha do atual prefeito? E se for não seria um crime eleitoral?
    Durval – http://www.hotmastersound.com.br

  6. como o Brasil é o único país onde pobre é de direita, ganhou o moço.
    nunca antes nesse país um enrustido (nada contra!) virou prefeito de sp
    :)