O comércio além do show da Madonna

Madonna finalmente vem para São Paulo. E junto com ela, milhares de pessoas se movimentam para receber o público que deve encher o Morumbi nas duas noites programadas do espetáculo. Além do comércio ao redor do estádio, o show da popstar americana vai trazer lucro para muita gente.

Do G1:

Para receber todo esse público, vários setores de serviços já começaram a se mobilizar. “Ainda falta esse tempo todo e já estamos com pelo menos 30% do hotel reservado nesse período (18 a 20 de dezembro) só para Madonnna. Há várias reservas de Minas Gerais e do interior paulista. Esse show deve mexer com o faturamento de toda a rede”, conta Erivan Dantas de Oliveira, gerente dos hotéis San Rafael e San Michel, no Largo do Arouche, região central da cidade, que juntos têm 274 apartamentos.

E se você planeja comprar ingressos, é melhor contar com a sorte e a paciência. Hoje começaram a vender os ingressos para o show do Rio de Janeiro e os relatos não são os mais animadores.

Do iGPop:

Fãs da cantora ainda encontram muita dificuldade em concluir a compra. As linhas telefônicas continuam congestionadas e o site apresenta muita lentidão. Também há centenas de pessoas nos pontos de venda montados na capital carioca. Nas comunidades dedicadas a Madonna em redes de relacionamento como o Orkut, o descontentamento é geral.



5 Responses to “O comércio além do show da Madonna”

  1. Eu vo pro show da madonna…
    do Rio…
    ebaaaAA!

  2. Eu vou no show da madonna…
    do Rio!

  3. Que pior guia dicas…
    mentindo!

  4. O show é bom mas não sei se vale todo o sacrifício, é muito sofrimento demais.

  5. vou qdo ela fazer 100 anos.. tipo a Dercy