Tóquio é aqui até domingo. E ali, e lá do outro lado

TOKYOGAQUI Vai só até o dia 4 (domingo) a TOKYOGAQUI do Sesc da Av. Paulista. O evento-exposição, parte das comemorações do centenário da imigração japonesa, mudou a cara do interior do prédio: das lanternas nos tetos à pelúcia cor-de-rosa nos elevadores, o Japão está representado no tradicional e no contemporâneo — uma bagunça pop/kitsch divertida.
Tigarah
No 15º andar, um ‘bia gaden’ (vem de beer garden) para uma happy hour japa, com máquina de karaokê e cardápio especial. No 9º, rola uma exposição sobre o artista Kazuo Ohno. No 5º, a bagunça contemporânea num ambiente que junta a imitação das ruas da capital japonesa com videogames, máquinas Pump It Up (coreanas), toy art, origami… ‘TOKYOGAQUI’ é palavra-conceito que pretende uma Tóquio indeterminada, que pode ser achada quando a gente cava um buraco no chão em qualquer lugar do  Brasil ou no alto de um edifício da Av. Paulista, ué.

É no 5º que fica o palco, onde vimos Tigarah (no Fifa ’07 com ‘Girl Fight‘ e no Fifa ’08 com Color, Culture, Money, Beauty), que mistura japonês e inglês para fazer… Funk carioca. A funkeira é simpática, animada e desce até o chão — do jeito dela. A batida é aquela que a gente já conhece, mas a qualidade do som podia ter ajudado um pouco mais. De qualquer forma, o show de funk com beat de berimbau da menina charmosa que fala de grana, ‘West coast/East coast’ e ‘shake your ass’ (que ainda terá mais duas apresentações) completa o clima. Onde e quando é que a gente estava, mesmo?

Serviço: TOKYOGAQUI no Sesc – Av. Paulista, 119 // Tel.: 3179-3700 // Show daTigarah: hoje e amanhã às 20h30 // R$ 16,00 e R$ 8,00 (meia)



Comments are closed.