Dicas para quem passa o réveillon em São Paulo

trianon-masp.jpg

Milhares de pessoas já deixaram a cidade para comemorar o réveillon em algum lugar longe de São Paulo. Se você, por algum motivo, você ficou aqui e vai passar a virada do ano na Avenida Paulista, o Sampaist dá algumas dicas!

A Avenida Paulista será interditada para o tráfego de veículos a partir das 12h do dia 31 de dezembro para a realização da Corrida de São Silvestre. Vá ao local de metrô e compre os bilhetes de ida e volta com antecedência. O metrô vai operar ininterruptamente as três linhas durante a madrugada do dia 1º, com as estações abertas para embarque e desembarque até as 2h da madrugada. Após esse horário as estações Paraíso e Clínicas ficarão abertas para embarque, enquanto as demais estações continuarão funcionando para desembarque.

Não leve objetos pontiagudos e afiados. A avenida será cercada por grades e só vai poder entrar quem passar pela revista da PM. Guarda-chuva de ponta fina está vetado!

Garrafas de vidro e fogos de artifícios também estão vetados. Ou seja, aquela Cidra que você planejava levar terá que ser jogada fora na hora da revista. O brinde vai ter que ser feito com cerveja e/ou refrigerante mesmo…

Se você quiser mesmo ver os shows, fique em casa e assista pela televisão. Quem fica lá na frente, perto do palco, tem que chegar muito cedo ao local e depois, durante as apresentações, é espremido feito sardinha em lata. Não vale a pena comemorar o réveillon passando mal, né? Leve a sério esta dica! Ano passado, quando estivemos na área de imprensa da comemoração, presenciamos diversas pessoas sendo retiradas de maca após desmaios e queda de pressão.

Se mesmo assim, com todos os percalços, você está decidido a enfrentar uma multidão na Avenida Paulista, nossa dica final é: chegue por volta das 21h, fique longe de bêbados inconvenientes que podem causar tumultos e fique longe o bastante do palco para evitar aglomeração, mas não tão longe para não ouvir nada. Mas, pensando bem, ficar sem ouvir Leonardo, Tihuana, MC Leozinho e Lulu Santos até que parece uma boa idéia…

Foto no Flickr São Paulo Ilustrada.



One Response to “Dicas para quem passa o réveillon em São Paulo”

  1. Olá, esse ano não poderei passar o reveillon fora da cidade de São Paulo da a circunstância desta festa cair num sábado para domingo, o que torna a viagem inviável.

    Diante disso, gostaria de dicas de festa/baladinahs para passar o reveillon aqui na cidade de São Paulo.

    Por ora, estamos em 8 pessoas (média 30 anos) e já percorri hotéis e estamos quase fechando com o Hyat que nos parece um bom ambiente, porém nosso receio é no dia o lugar estar repleto de pessoas mais velhas, algo muito familiar, e aí destoar um pouco com nosso clima festivo.

    Poderiam nos ajudar a decidir?

    Obrigado!

    Carlos