Outra boate fechada

lacrado.jpg

E o fechamento das casas de prostituição em São Paulo não pára! Hoje o alvo da Subprefeitura da Vila Mariana foi a “boate/hotel” Solid Gold, na Avenida Ibirapuera. Segundo o subprefeito Fábio Lepique, a casa foi autuada em flagrante por funcionar como prostíbulo.

O subprefeito da Vila Mariana afirmou ainda que, só na região sob sua responsalidade, 13 casas já foram fechadas, sendo 3 boates de grande porte. “Ainda temos seis boates em uma lista que devem ser lacradas em breve. A polícia e a Prefeitura paulatinamente vão fechar todas elas”, disse.

De acordo com a assessoria de imprensa da boate, o “hotel”, que receberia as garotas de programas e seus clientes, está fechado desde a lacração do Bahamas. “A casa apóia a ação da Prefeitura, mas vai discutir judicialmente o flagrante feito na última quinta-feira”, afirma Ricardo Noronha, representante da boate.

Segundo Noronha, havia cerca de 60 garotas de programa dentro da boate no momento da autuação, mas sem vínculos com a casa. “Elas vem para cá como clientes. O que elas fazem não é problema da boate”, afirmou.

Foto minha para reportagem do Último Segundo.



One Response to “Outra boate fechada”

  1. A responsável por isso foi a Bruna Surfistinha, no livro ela enumerou todas os lugares que ela frequentava, se fecharem um desse lugares, ela vai prejudicar todas as ex-lolegas de trabalho. heheheheheh