Jogo da seleção em São Paulo

brasiltreina.jpg

A seleção brasileira já está em São Paulo para o jogo desta quarta-feira contra o Uruguai, no Morumbi. Será o primeiro jogo das Eliminatórias da Copa em terras brasileiras depois da confirmação do País como sede da Copa de 2014.

A cidade de São Paulo quer fazer bonito e organizar um espetáculo impecável, já pensando em pleitear a realização do jogo de abertura da Copa, já que Minas Gerais também quer ter a chance de abrir o torneio. Para não dar nada errado no jogo desta quarta, a Prefeitura realiza uma “mega operação especial”, segundo informa a assesoria do governo.

Cerca 1500 funcionários de 20 subprefeituras, CET, GCM, Polícias Militar e Civil, Eletropaulo e Sabesp participam de ações antes, durante e depois da partida. A primeira medida é uma grande operação para coibir o comércio ambulante no entorno do estádio do Morumbi. Diga adeus ao churrasquinho de gato e sanduíche de pernil…

“O comercio irregular não é tolerado por esta administração, por isso continuamos com o incansável trabalho de combatê-lo. Isto vale para qualquer situação, seja no dia-a-dia ou em no entorno dos estádios”, declara Andrea Matarazzo, secretário das Subprefeituras.

A CET montou um esquema especial para aliviar o trânsito, já que o jogo acontece na noite de uma quarta-feira normal de trabalho (e de hora de rush). O estacionamento de veículos estará proibido por toda a extensão da Avenida Jorge João Saad e na rua Dr. Erasmo Teixeira de Assunção.

Mesmo assim, nenhuma dessas medidas adianta se o princípio básico da organização de um evento como esses, a venda de ingressos, foi um caos total. Os ingressos (caros) se esgotaram em poucas horas e os cambistas fizeram a festa. Se você for até a porta do Morumbi no dia do jogo vai encontrar centenas de cambistas vendendo os ingressos pelo triplo do preço oficial.

Será que até a Copa do Mundo a gente se livra dessa praga?

Foto de divulgação da CBF.



Comments are closed.