Gotan Project de volta

gotannekonoir.jpg

O aclamado grupo de “eletro-tango” Gotan Project está de volta a São Paulo. O grupo formado pelo francês Philippe Cohen Solal, pelo músico guitarrista Eduardo Makaroff, argentino radicado em Paris e pelo músico e programador suiço Christoph Muller, faz apresentação na cidade no dia 4 de dezembro, no Via Funchal.

O Gotan Project, junto com a banda Bajofondo Tango Club, do argentino Gustavo Santaolalla, são considerados precursores do hoje popular gênero do tango eletrônico, também conhecido como “tango fusão”, “tecnotango” e “tangotrônica”.

O movimento mistura os instrumentos tradicionais do tango, como o bandoneon, com computadores e sampler – um aparelho que grava, reproduz e manipula seqüências sonoras de forma digital.

O Sampaist esteve no último show que o grupo fez na cidade:

Tanta interação levou a platéia ao delírio, mesmo que sentada. Mesmo em Celos e Amor Porteño, músicas consideradas mais calmas, ainda era possível ver algumas pessoas ignorando suas poltronas no mezanino central e arriscando alguns passos de uma dança qualquer. Já em Lunático, Mi Confesíon, Una Música Brutal e Santa Maria (Del Buen Ayre) foi praticamente impossível permanecer sentado. A vocalista Verônica Silva chegou a acenar para que as pessoas se levantassem.

Gotan Project // Via Funchal // Rua Funchal, 65, Vila Olímpia // Ingressos de R$ 60 a R$ 300

Imagem no Flickr Nekonoir.



Vídeo no YouTube peglegsam



Comments are closed.