Cat Power @ Auditório Ibirapuera 27 de outubro de 2007

1794932166_c8d4477ddf_o.jpg

Entre a quinta, dia 25 e a segunda-feira, dia 29 deste mês, Sampa teve a sua edição do TIM Festival 2007, que ficará conhecida como ‘O Festival das Divas’.
Entre as musas da música que aportaram pela cidade estão Cat Power, Bjork, Juliette Lewis e sua banda, The Licks.

No sábado, o auditório Ibirapuera recebeu Chan Marshall, mais conhecida como Cat Power, em seu terceiro show em São Paulo. O segundo neste festival já que a americana substituiu a canadense Feist, que cancelou sua apresentação.

Chan mudou, e muito. Seus shows eram notórios pelo clima intimista e introspectivo, beirando o depressivo. As performances eram feitas apenas por ela, um amplificador e uma guitarra, que repetia a mesma nota durante o show inteiro, nessa época Chan sussurrava suas músicas ao microfone, estática, de cabeça baixa. O que o público paulista viu no show de sábado, foi bem diferente disso. Acompanhada da banda Dirty Delta Blues, com membros do Jon Spencer Blues Explosion, Delta 72 e Dirty Three a cantora americana subiu ao palco pulando e brincando com o público, sorrindo muito e tossindo o tempo inteiro.

Logo no começo do show a cantora convocou o público, que estava sentado nas cadeiras do auditório a se levantar e se aproximar do palco. A banda deu uma nova roupagem para as estruturas musicais de Chan, as versões de ‘Naked If I Want To’, do Moby Grape e de ‘Satisfaction’ dos Stones ficaram ‘rockão’, pesadas, diferente do que pode ser ouvido no álbum de Cat Power. Mas o foco do show foram as músicas de seu último álbum, ‘The Greatest’, mais animado, refletindo o espírito da cantora, que superou os problemas com o álcool.

Chan interagiu bastante com o público, recebeu flores da platéia e disse, em tom de brincadeira que estaria grávida.
A própria Cat Power admitiu que o show de sábado foi superior, ao de quinta. “Estou feliz por ter tido a oportunidade de tocar de novo, pra vocês, não gostei muito do resultado do outro show”, disse a cantora.
A apresentação foi boa, bem de diferente de outros shows, é uma nova Cat Power, mas mesmo assim, foi bom.

foto do flickr da justabiscuitcrumb



Comments are closed.