Festinhas da F-1

pitbabes.jpg O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 está quase aí e pelo jeito a Prefeitura resolveu acabar com a farra dos turistas nacionais e estrangeiros que invadem São Paulo. As melhores pautas nos sites e jornais sobre a corrida, até agora, são sobre as ‘festinhas’ pré-GP que estão cada vez mais difíceis de acontecer. Da Folha de S. Paulo:

A Subprefeitura de Vila Prudente/Sapopemba lacrou nesta quinta-feira a casa de shows Ilha da Fantasia que funcionava de forma irregular na avenida Professor Luís Ignácio de Anhaia Mello. (…) Outra suposta casa de prostituição foi fechada hoje pela prefeitura na rua Cardeal Arcoverde, em Pinheiros (zona oeste).

Já o G1, site de notícias da Globo.com, afirmou que o turista da Fórmula 1 gasta R$ 615 por dia em SP, em média! Pena que o Bahamas, de Oscar Maroni, não entra mais nessa dança.

Esta será a primeira vez em 20 anos que a ‘boate’ Bahamas ficará fechada durante o GP do Brasil. Segundo Maroni, a estimativa de prejuízo chega a R$ 200 mil pelo fim de semana! Do G1:

O empresário conta que as equipes chegavam em vans do Autódromo de Interlagos e entravam por uma porta lateral. “O Bahamas é chamado de pit stop da Fórmula 1, porque nós temos um acesso privativo que mantém a privacidade dos pilotos.”

Imagem no Flickr do jaggat images em algum GP da vida…



Comments are closed.