36 horas em São Paulo

ipisjao.jpg O que você faria se tivesse apenas 36 horas para aproveitar o melhor de São Paulo? O jornal “The New York Times” tentou responder a pergunta neste na edição deste domingo em seu caderno de turismo.

It may be the ugliest, most dangerous city you’ll ever love. Gray high-rises stretch to the horizon, graffiti blankets downtown, where those who can afford it drive bulletproof cars, and power lines form a wire mesh that seems to block out the sun. But São Paulo, Brazil’s biggest and most modern city, also has plenty of flair.

A reportagem faz um roteiro de 36 horas pelos pontos turísticos mais legais de São Paulo. Começa com um passeio pelo Parque da Luz e seus museus, passa pelo Bar Brahma, Masp, Galeria dos Pães, Oscar Freire, Mercadão e termina no Parque do Ibirapuera. Veja o roteiro completo.

Apesar de concordarmos com quase toda a lista, não vemos muita graça em um passeio pelo Parque do Ibirapuera em pleno domingo. O local fica lotado, cheio de vendedores ambulantes, ciclistas que não respeitam os pedestres… Talvez um jogo de futebol no Pacaembu na tarde de domingo fosse uma experiência mais bacana.

E você? O que faria com 36 horas em São Paulo? Deixe seu comentário!

Leia a reportagem completa no NYT e veja a galeria de fotos.

Foto no Flickr do distant_camera



6 Responses to “36 horas em São Paulo”

  1. Esses guias de 36hs do NYTimes. São sensacionais.

    Mas dessa vez acho que eles erraram a mão um pouco. Se é pra ir no Rodeio, melhor ir no Figueira, que é mais bonito. E chega de tantos passeios pelos Jardins. Podia manter o Ibira (mesmo de domingo, que o “people-watching” lá não tem preço) e incluir o Pacaembu em vez dos Jardins.

    Mandaram bem nos bares, mas faltou uma balada cara, especialidade paulistana, apesar de eu não gostar. Ah, e faltou falar mais de restaurantes, do jeito que tá o cara ia morrer de fome no sábado… :)

  2. PS: Mosteiro de São Bento? Naaah..

  3. A pé ou pedalando (não de carro, parado com outros) eu percorreria por onde pudesse.

    Parques, espaços de exposições, até em shoppings (!), eu procuraria comparecer.

    Gostos dos SESCs, de espaços musicais, do itau cultural, do Centro da cidade, dos bares boêmios, de ladeiras pra subir de bike… Iria tomar um Milkshake de Ovomaltine, um rodízio de pízza ou de carnes, um Sunday de chocolae com cobertura de chocolate…

    Sei bem que a cidade não se resume a um único lugar, mas eu poderia passar as 36horas na Av. Paulista.

  4. Bem, jogo no Pacaembu só se for do Santos; porque assistir o Corinthians hoje em dia está longe de ser uma experiência bacana….

    PS. Po, o mosteiro de São Bento é legal… Já foi?

  5. Ah, o Mosteito é legal principalmente por isso: http://www.mosteiro.org.br/Gastronomia/index.htm

    e pelo canto….

  6. Ah, e o Bella Paulista, na Bela Cintra com a Haddock, é mais legal que a Galeria dos Pães…