Extra, extra

taxihomem.jpg

Foto no Flickr do renedepaula



2 Responses to “Extra, extra”

  1. “Kassab anuncia R$ 27 mi para segurança e 500 novos GCMs em SP”

    Muita reserva eu tenho em associar “segurança” com GCM.

    Acredito que quem deve comemorar é a ABPD, a IBDI, e a indústria fonográfica em geral.

    Isso porque, com os impostos dos paulistanos, a GCM é utilizada principalmente no combate à pirataria e ao comércio de rua, em benefício das empresas ligadas à produção de discos, notadamente.

    Outra questão preocupante é a o modus operandi violento adotado por essa corporação (vide caso http://www1.folha.uol.com.br/folha/especial/2004/massacreemsp/ ).

  2. Pois é, Rafael…
    A GCM anda bem violenta e o que mais se vê é a apreensão de camelôs nas ruas. O problema é que eles nunca vão atrás dos fornecedores dos camelôs, os verdadeiros culpados pela pirataria de produtos.

    Já até comentamos aqui no Sampaist, em dezembro de 2006, sobre a brutalidade da GCM:

    http://sampaist.com/2006/12/18/arma_nas_maos_gcm.php

    Abs
    Leandro