2004 está chegando… Reloaded

Antes_E_Depois.JPG

Pronto pra voltar a 2004? Dá uma olhada nas fotos aí de cima, do cruzamento da Av. Faria Lima com a Av. Rebouças. A primeira foi tirada há 3 anos. Em 2007, a cena é outra: o painel eletrônico foi proibido e sumiu do prédio; o corredor de ônibus foi descolorido; saíram os operários e desvios (que causaram tantos protestos na região), a obra ficou.

Túnel do tempo (ah, os túneis…) numa imagem do ano eleitoral — que vem aí, de novo.

Ainda meio discretamente, surgem os sinais. Onde foi parar o vermelho-PT dos pontos de ônibus? A explicação oficial, dada pela SPTrans ao “Diário de S. Paulo” em agosto, é que os abrigos vão ganhar cores variadas de acordo com o código adotado para as linhas (azul-claro na zona sul, por exemplo). Ah, não há data para o fim da operação nas 17 mil paradas da cidade – mas que ela começou, começou. E em lugares de grande movimento, como a Av. da Consolação e a Nove de Julho, que já têm estruturas metálicas “ao natural”.

Depois de passar o seu Bilhete Único (o seu ainda é vermelho?), você olha na janela e lê o Jornal do Ônibus. O astro do folheto hoje é o Hospital Municipal Cidade Tiradentes. Lembra dele? Foi um dos temas de debates acalorados entre Marta e Serra numa campanha em que a Saúde virou assunto (e munição) central — fosse pela avaliação ruim da gestão petista nesta área, fosse pelas críticas à atuação do ex-ministro tucano. Pois na dobradinha Serra/Kassab, o Cidade Tiradentes está quase todo entregue.

Recentemente uma outra dobradinha, o encontro Marta/Kassab, chamou atenção no noticiário. Entre elogios mútuos, ministra e prefeito juntaram forças em projeto para turbinar o Anhembi. Quem diria! Em 2004 no PFL (hoje DEM), Kassab era desconhecido do grande público (como atestou a capa da “Vejinha”). Para os adversários, desconhecido e… uma ameaça (não exatamente uma ameaça eleitoral, como mostra o relato da época):

“Marta Suplicy (PT), que tenta a reeleição em São Paulo, voltou a centrar fogo no candidato a vice da chapa de José Serra (PSDB), o deputado pefelista Gilberto Kassab (…) Kassab, que chefiou a Secretaria de Planejamento por um ano na gestão Celso Pitta (1997-2000), foi o principal alvo da petista durante debate na TV Bandeirantes. Marta afirmou que caso Serra deixe o cargo, “a turma do Pitta volta a governar a cidade”

.

Prefeito, Kassab deu continuidade a projetos com a marca da administração Marta. Alardeou o fim das escolas de lata, obras de Pitta. Anunciou, no começo do ano, a construção de mais CEUs e a extinção do turno da fome nas escolas (escolas de lata, CEUs, turno da fome… tudo com gosto de vocabulário eleitoral). Já se sente em 2004? Mas calma que está só começando. E para dar um reload e um ar de 2008 a 2004, vamos ter vocabulário revisto e ampliado com vagabundo, Cidade Limpa, relaxa e goza, merenda da Nestlé, Oscar Maroni… Ah, e tem o J. Pinto Fernandes, vulgo Geraldo Alckmin, que não tinha entrado muito na história há 3 anos, mas as pesquisas (pô, até aqui não havia citado pesquisa…) indicam que, hoje, é favorito a levar a mão de Lili-Sampa. Que venham as urnas!

Fotos: do blog MaGioZal (esq.) e do Athos (dir.)



One Response to “2004 está chegando… Reloaded”

  1. Escolas de laTINHA, por favor. =o]
    E eu vou amar rever os vídeos do episódio ‘vagabundo’.
    Mas vai me irritar ouvir o Kassab falar dos CEUS… Depois de vê-lo transformando todos em grandes porcarias.

    Vanis