Quem quer pegar na serpente?

Gosta de pegar na cobra? A partir de amanhã, os visitantes do Instituto Butantan terão a possibilidade de manipular serpentes não peçonhentas e tirar dúvidas sobre os animais, seu comportamento e o que fazer no caso de um acidente.

Segundo informa o instituto, a iniciativa é do Laboratório de Herpetologia do Instituto Butantan e tem como objetivo diminuir o preconceito e o medo das pessoas em relação às serpentes. “As pessoas têm medo e preconceito do animal porque elas não conhecem seu comportamento. O objetivo desta iniciativa é ajudá-las a entendê-los”, explica o biólogo Jorge Henrique Nicareta.

A participação dos visitantes na manipulação das serperntes é gratuita e aberta ao público. Ela acontecerá todas às quintas-feiras, às 14h30, em frente ao Serpentário, onde as cobras circulam livres em um fosso, sem qualquer perigo ao visitante.

O ingresso para os três museus do Instituto é único e custa R$ 5. Estudantes com identificação pagam R$ 2 e crianças até 7 anos, idosos (a partir de 60 anos) e pessoas portadoras de necessidades especiais são isentas.

Leia mais sobre o Instituto Butantan

Instituto Butantan // Avenida Vital Brasil, 1.500, no bairro do Butantã



2 Responses to “Quem quer pegar na serpente?”

  1. Então! Agora eu me irritei.
    Fui ao Instituto Butantã neste sábado e, com meus companheiros de passeio, falei umas três vezes: “ah, mas eu queria pegar nas cobras!”
    Ignorando a piada pronta, só lamento que a “manipulação de serpentes” não tenha sido implantada antes da minha visita!
    Só fiquei feliz porque descobri que lá tem também um macacário.
    Cobras, agora, só no ano que vem!
    Vanis

  2. E bela cobra-papagaio essa da foto!
    ** Preciso exibir meus conhecimentos adquiridos na visita de sábado ao Butantã!
    Vanis