3:AM Brasil: Machado de Assis, Bruna Surfistinha e Você!

3ambrasil.jpg

3:AM Magazine, como a rede de blogs -Ist, é um site democrático e colaborativo. Criado em 2000, ele começou como um grande fórum onde internautas escreviam sobre literatura principalmente, e opinavam sobre os autores underground do momento. Em pouco tempo, os próprios autores começaram a participar das discussões, e se antes o site era apenas um “espaço aberto” para desabafos literários, hoje ele é a mais importante revista digital de literatura underground de Londres (e parte da Europa) e Estados Unidos.

Há um mês, a paulistana Elisângela Fracaroli estreou oficialmente a versão brasileira da revista, disposta a dar voz aos novos escritores e artistas do país. Toda manifestação artística será benvinda, e você também pode participar!

3ambrasil2.jpgMorando em Londres há 8 anos e casada com o inglês e editor do “site mãe” Andrew Stevens, Elisângela já conseguiu que a Embaixada do Brasil em Londres apoiasse e divulgasse o projeto! Conversamos com o casal (que também colabora com o Londonist!!!) para saber como surgiu a idéia e como os internautas podem participar.

Você deixou SP há muito tempo. O que te fez sair daqui? Qual foi a sensação de voltar após 5 anos?

Eu tive leucemia e nao pude fazer o transplante por falta de doador, por ser filha única. Na Europa as pesquisas no campo de câncer e transplantes são muito avançadas, e só na Inglaterra pude me tratar. Estive em Sampa há três anos, depois de cinco anos vivendo aqui em Londres. Foi assustador, o contraste entre as duas cidades é imenso. Acho que Sampa tem tudo que Londres tem, mas de uma forma diferente. Talvez o mais impressionante em Londres é o fato de andar pelas ruas e ouvir idiomas de todas as partes do mundo.

E você, Andrew, qual foi a impressão logo que chegou aqui?

Minha reação foi a mesma de todos os ingleses que eu conheço e que já visitaram a cidade: que ela é tão grande, mas tudo acontece em um pequeno espaço no centro. No aeroporto eu me senti na Espanha… Já morei nos EUA e já tinha entrado em contato com a cultura latino-americana, mas tem alguma coisa européia naquela aeroporto! Fiquei surpreso com as pessoas vendendo coisas nos trens, não temos isso aqui! Ver prédios ‘semi-acabados’ pela cidade foi bem estranho também.

Vocês diriam que o site 3:AM é um tipo de “Blog Literário”?

Andrew: eu diria que sim, claro! Só que nos dedicamos ao lado mais divertido e diverso, e não à baboseira intelectual que você normalmente vê em sites desse tipo.

‘Zan’: 3:AM Magazine foi criado em 2000 com o propósito de abrir espaço para novas idéias e obras literárias, e também para as mais diversas opiniões desses novos talentos do mundo literário, que não conseguem chamar a atencão das grandes editoras. Os leitores do 3:AM são pessoas que procuram alternativas para o que elas lêem. As obras vêm direto da cabeça do autor para o site: são originais, sem modificações, sem nenhum polimento, muitas vezes, até com um vocabulário mais escancarado.

Por que criar uma filial brasileira?

A idéia do 3:AM Brasil é dar uma alternativa aos residentes da maior nação da América Latina em ler e expor suas idéias e trabalhos em diversas áreas, como artes, música, opinião, ficção, poesia. Desde quando começamos a divulgar o site, o retorno tem sido bem favorável e o número de contribuições está aumentando. A Embaixada do Brasil em Londres está dando apoio e já linkou o 3:AM na homepage deles. Também teremos algumas de nossa matérias, ficção e entrevistas traduzidas para o site mãe, interagindo escritores de ambos idiomas.

Vocês lêem o Sampaist? Por que os nossos leitores se interessariam pelo projeto?

Leio o Londonist e Sampaist todos os dias, acho os textos maravilhosos e, no caso do Sampaist, me deixa antenada com os eventos da cidade. É fantástico poder encontrar tudo ali, num site só, com linguagem simples e direta. Eu acho que São Paulo sempre foi vista como uma capital da cultura alternativa no Brasil, São Paulo é casa de tantas tribos, fala a língua do jovem e do velho, tem uma das noites mais famosa do mundo, é a casa do punk, do gótico… São Paulo é a cidade em que eu nasci, e acho que conhecendo um pouco a cabeça dos meus conterrâneos paulistanos, tenho certeza que 3:AM Brasil tem muito a oferecer, como para todo o Brasil. O Paulistano adora arte e adora tudo que é diferente.

Andrew: Eu não falo português mas consigo ler bem, então naturalmente eu leio o Sampaist, sim! Quando o Londonist e o Parisist começaram, eu pensei em SP e achei que um -Ist seria perfeito aí. Agora olha só onde vocês chegaram…

Quem pode escrever, sobre o quê, o que entra, o que não entra, como participar?


Nós temos várias colunas em ambos os sites que abrangem praticamente todos os assuntos. Também mantemos um blog, o buzzwords. Para escrever para o 3:AM Magazine você precisa obviamente, de um comando excelente da língua inglesa, ou da minha disponibilidade em traduzir o texto. Para o 3:AM Brasil, pode falar sobre qualquer coisa, desde poesia a política. É muito raro que algo enviado não entre no site, mas a única coisa que, por decreto não entra, são matérias de teor preconceituoso ou que pregam ódio contra raças, orientação sexual, etc. Nós adoramos receber colaborações e pedimos que sejam enviadas para 3am.brasil@gmail.com. Mais informações em como contribuir podem ser encontradas aqui.

Vocês já possuem colaboradores nacionais?

Édson Aran é autor de vários livros, cartunista, jornalista e ele tem pelo menos duas contribuições no nosso site em “flash-fiction”. Ele tem apoiado muito a iniciativa. Seus contos são curtinhos, cheio de humor, eu adoro ler o site do Aran e estou sempre enchendo o saco dele pedindo mais.

Andrew: através do 3:AM Brasil eu acabei conhecendo Machado de Assis, Bruna Surfistinha e o DJ Patife! A escritora Clarah Averbuck virá a Londres e pretendemos fazer um evento com ela.

Se você se interessou pela proposta, participe já! Abaixo, alguns links úteis para entender mais:

* Para entrar em contato com os editores, clique aqui.
* Para saber como participar, clique aqui.
* 3:AM Brasil
* 3:AM oficial
* MySpace 3:AM
(obs: a música do perfil é uma versão em inglês do funk carioca da “Deise da Injeção”)
* MySpace 3:AM Brasil



2 Responses to “3:AM Brasil: Machado de Assis, Bruna Surfistinha e Você!”

  1. SUCESSO! Adorei a entrevista :-)

  2. Também adorei.
    A entrevista e a revista.