Rebel! Especial 24 hour party people

yayaelalai.jpg

***O texto abaixo é uma colaboração de Elaine Santos, mais conhecida “naite” afora como Lalai***

Neste domingo a festa de rock REBEL! faz uma edição especial 24 HOUR PARTY PEOPLE.
Se você é fã do filme e vibra só de pensar que poderá se jogar na pista embalado pela trilha, não deixe de fugir do tédio dominical e curtir a pista rebelística que toma conta do Vegas.

Nas pickups tem a Lalai & Yaya Pagh, que vão fazer um set bem rock’n roll com um gosto de nostalgia tirando do case os anos 70, 80 e 90. Já o DJ Leandro Pankeka fará um set disco-punk, que promete não deixar ninguém parado.

O show da noite fica por conta da banda MOVE, que mistura rock, mpb, jazz, punk, bossa, acrescentando boas doses de perturbação e pitadas generosas de dissonância. Não economizam nas linhas de baixo e nos contratempos, mas são direto sempre. Para cada medida de porrada adicionam outra de poesia. MOVE é MOVE. Simples assim. O resto é conversa, divagação. A conclusão fica por conta de quem for assistir o show.

A banda MOVE é formada por José Eduardo (baixo/vocal), Luiz Gustavo (guitarra/vocal) e Luciano Faria (bateria). E para deixar a noite mais divertida a Lalai convidou alguns amigos para fazer a “zona musical”, em que cada um levará sua música favorita para tocar. Será um momento “We are friends”. Quem fizer a pista estacionar é gongado e o próximo toca.
Noite de diversão garantida, música boa e muita gente interessante, afinal domingo é dia de fugir das pegadinhas do Faustão e deixá-las para rolar na pista.

A boa notícia desta edição é que quem tiver o nome na lista não pagará entrada até a 0h00; depois desse horário, o passaporte da alegria custará R$ 10,00.

Serviços:

REBEL! 24 HOUR PARTY PEOPLE
02.09 – domingo – a partir das 23h
DJs: Lalai, Yaya Pagh e Leandro Pankeka
Show: Move
Vegas Club
Rua Augusta, 765
www.vegasclub.com.br
Nome na lista – festarebel@gmail.com
+ infos:
www.myspace.com/festarebel
www.myspace.com/movesp

Extra, extra

bomretiro.jpg

Foto no Flickr do Fabio.Resende.Cx.

“Vódega” na faixa = Blogueiro feliz

Imag012.jpg

Aconteceu nessa quarta-feira, no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, uma vernissage da Absolut. O objetivo era divulgar o lançamento de duas garrafas, de edição limitada, assinadas pelos artistas plásticos Daniel Senise e Nelson Leirner.

Toda a comunidade blogueira “descoladex” estava presente no evento. O que não faltaram foram momentos de “trocas de URLs” e atualizações de Twitter.

O Sampaist, que nunca deixa seus leitores na mão, provou – e aprovou – todos os drinks coloridos servidos durante a exposição. O bar, evidentemente, era o local mais movimentado do “chiqueirinho”, como batizamos carinhosamente o espaço, cercado por uma especie de cordão.

O encontro começou às 19h30 e terminou às 22h00, mas o período foi deveras suficiente para que todos saíssem rumo a Paulista felizes e cambaleantes.

As garrafas, claro, ficaram lindas. E a Absolut, como sempre, não causou a ressaca destruídora, que costuma nocautear o “tico e teco” no dia seguinte.

The Supersónicos no Inferno

supersonicos.gif
A dica para o fim de semana é o show imperdível do The Supersónicos . A banda uruguaia, que já esteve no Brasil, sobe ao palco do Inferno neste sábado, 01/09, estréia da festa “Peligro Double”.

Com um visual Man Or Astro-Man? (saca os óculos), os rapazes do Supersónicos mandam um “surf rock powerpop experimental new wave” (é mais ou menos isso) de primeira. As influências? Algumas: Pixies, Beach Boys, The Clash, Autoramas, Yo La Tengo e Chucky Berry. E no palco, uma apresentação energética, livres para pular, cair, tocar e pular, cair e tocar, tocar muito. É daqueles shows que você dança e se diverte do começo ao fim.

Para ouvir The Supersónicos, vá aqui.

A abertura fica por conta do jazz experimental do Culto Ao Rim . A pista é dos DJs do Centro Cultural Batidão, com um set variado: dub, samba, rock, hip hop, old school, brazilian beats, indie rock, soul, Miami beats, pós-punk, afro beats, etc e tal.

THE SUPERSÓNICOS – Dia 01/09, sábado // No Inferno: Rua Augusta, 501 // Preço: R$15 (lista ou flyer), R$20 (porta) // Informações: (11) 3120-4140.

Extra, extra

ipesp.jpg

Foto no Flickr do Mario Amaya.

Hamburgueria Nacional

albacoara.jpg Quem diz que hamburguer e peixe na mesma grelha não combinam, não sabe o que está falando. Dia desses conhecemos a Hamburgueria Nacional, restaurante do sushiman Jun NSakamoto.

Segundo o próprio site da casa, o hambúrguer é assado na salamandra, um tipo de grelha que não deixa a carne ficar ressecada, “como nas melhores casas de Nova York”. Como comprovamos, a carne é realmente deliciosa e pode figurar entre o “top 3″ da cidade.

O maior apelo da Hamburgueria Nacional, no entanto, está na mistura entre o hambúrguer suculento e os pratos feitos com peixes, especialidade de NSakamoto. O Albacoara, sanduíche com uma posta de atum ao molho teryaki e rúcula, foi eleito pela Revista Playboy como o melhor lanche exótico da cidade.

Além de receitas tradicionais, há outras tipicamente brasileiras como o sanduíche de calabresa produzida na própria casa e o sanduíche de pernil. Como somos tradicionalistas, deixamos o pernil para a porta de estádio ou para o Bar do Estadão

Diferente das lanchonetes “tradicionais”, a Hamburgueria tem decoração bem sóbria e estilo de restaurante “chic-despojado”. Quando fomos, a casa estava bem vazia e nem metade do amplo salão estava ocupado. Uma boa pedida para grupos pequenos e jantares a dois.

P.S.: Cuidado! O Super Hambúrguer do cardápio é realmente “super”. Se você não quiser se empanturrar com quase meio quilo de comida, opte pelo hambúrguer simples…

Foto de divulgação do Albacoara.

Hamburgueria Nacional // Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 822 // Itaim Bibi