Greve do Metrô de São Paulo

grevemetroverde.jpg

A greve dos metroviários paulistanos, que deveria começar nesta madrugada, foi adiada. Em assembléia realizada no começo da noite, funcionários resolveram aguardar uma nova proposta da Companhia do Metrô, que deve ser feita na manhã desta quinta-feira. De acordo com o Último Segundo:

O impasse se dá por conta da forma de pagamento da Participação nos Resultados (PR) da companhia a seus empregados. Enquanto a categoria reivindica uma folha e meia de pagamento, o Metrô propõe uma folha de pagamento da companhia.

Os funcionários do Metrô marcaram uma nova assembléia para a tarde desta quinta-feira, quando irão decidir se farão a greve na quinta ou se aceitam a nova proposta do governo. No dia 14 de junho os metroviários realizaram uma paralisação afetou cerca de 3 milhões de pessoas. Como já era previsto, a greve gerou o caos na cidade, que teve recorde de congestionamento do ano (até então) no período da manhã.

Foto no Flickr do colega gaúcho JoaoGabriel



Comments are closed.