O hype é ser blogueiro

nokia.jpgA blogosfera está bem “na fita”. A moda, agora, é aproveitar todo o poder de persuasão da comunidade web 2.0 para lançar, com exclusividade, um produto, uma marca, um conceito.

Os formatos são os mais diversos assim como as opiniões a respeito de tais ações. Há quem ache interessante e há quem encare com certa estranheza.

A Nokia, por exemplo, resolveu apostar forte nesse segmento e está promovendo uma ação para divulgar o Nokia Trends. Para isso, convidou 75 “ativistas digitais”, entre os quais estão blogueiros, fotologuers etc e tal, para o projeto. O intuito: divulgar sua marca, é claro. O diferencial: aproveitar de maneira inteligente o que o pessoal já faz por conta, ou seja, escrever e fotografar.

O perfil de quem faz parte do tal “Nokia Trends Team” se resume a uma característica básica: gostar de música. Os “escolhidos” têm entrada livre em eventos promovidos pela Nokia em São Paulo e Rio de Janeiro e podem escrever – ou não – e fotografar – ou não – o que de bacana – ou pouco bacana – acontecer durante essas festas.

Ao todo serão 10 eventos, cujo circuito foi batizado de Nokia Mob Jam. As primeiras “baladenhas” aconteceram no último final de semana, no Clash, ali na Barra Funda (onde toca The Donnas em agosto, galera).

O som ficou por conta de Kammy, Mara Bruiser e Anali, na sexta-feira, e Matt K-Von, Digitaria, Hang the DJ e da dupla Alexandre Matias e Luciano Kalatalo, do Gente Bonita, Clima de Paquera, no sábado.

O Sampaist, que não perde uma boa festinha por nada, deve deixar todo mundo por dentro do que acontece nas tais baladas.

See ya ;p



Comments are closed.