Welcome to São Paulo

welcome3okay.jpg

Estreou recentemente em São Paulo o filme Paris, Eu Te Amo (Paris, Je t´aime), longa dirigido por 22 cineastas, onde é possível enxergar por meio de olhares pluralistas diferentes aspectos da cidade-luz. A fórmula “colcha de retalho”, muito utilizada em outras obras similares, faz de Paris um importante personagem, cujos principais segredos são revelados sorrateiramente durante as tramas.

E se a capital da França merece destaque, São Paulo, com todos seus contrastes, não poderia ficar longe do foco das câmeras. E o projeto Bem-vindo a São Paulo/Welcome to São Paulo (2004) é somente uma prova de sua tamanha importância.

O filme, dirigido por 18 cineastas, vindos de todas as partes do mundo, revela uma cidade cosmopolita, história, problemática, caótica, mas com um charme singular que precisa – e deve – ser destacado e devidamente registrado.

Exibido durante as últimas Mostras Internacionais de Cinema, o longa, cuja narração é do baiano-paulista Caetano Veloso, estréia em breve no circuito comercial.

Veja abaixo a relação de diretores:

- MARCO ZERO/ GROUND ZERO, visto por Phillip Noyce (AUSTRÁLIA)
- NATUREZA-MORTA/ STILL LIFE, visto por Renata de Almeida e Leon Cakoff (BRASIL)
- MANHÃ DE DOMINGO/ SUNDAY MORNING, visto por Mika Kaurismäki (FINLÂNDIA)
- A GARÇONETE/ THE WAITRESS, visto por Kiju Yoshida (JAPÃO)
- CONCRETO/ CONCRETE, narrado por Caetano Veloso (BRASIL)
- NOVO MUNDO/ NEW WORLD, visto por Jim McBride (EUA)
- ENSAIO GERAL/ A REHEARSAL FOR ALL, visto por Hanna Elias (PALESTINA)
- ALGUMA COISA ACONTECE/ SOMETHING PULLS, visto por Maria de Medeiros (PORTUGAL – FRANÇA)
- AQUÁRIO/ AQUARIUM, visto por Tsai Ming-Liang (TAIWAN)
- ESPERANÇA/ HOPE, visto por Ash (EUA)
- FARTURA/ PLENTIFUL, visto por Mercedes Moncada (MÉXICO) e Franco de Peña (VENEZUELA)
- FORMAS/ SHAPES, visto por Andrea Vecchiato (ITÁLIA)
- SIGNOS/ SIGNS, visto por Max Lemcke (ESPANHA)
- MODERNIDADE/ MODERNITY, visto por Amos Gitai (ISRAEL)
- ESPERANDO ABBAS/ WAITING FOR ABBAS, visto por Leon Cakoff (BRASIL)
- ODISSÉIA/ ODYSSEY, visto por Daniela Thomas (BRASIL)
- BEM-VINDO A SÃO PAULO/ WELCOME TO SÃO PAULO, visto por Wolfgang Becker (ALEMANHA)

welcomeok1.jpg


Ficha técnica:

Bem-Vindo a São Paulo / Welcome to São Paulo

Roteiro
Leon Cakoff

Câmera
Aloysio Raulino, Andrea Vecchiato, Ash, Franco de Peña, Hanna Elias, Jim McBride, Max
Lemcke, Mercedes Moncada, Mika Kaurismäki, Phillip Noyce, Samuel Kobayashi, Tsai Ming
Liang, Vanderlei Gussonato, Vitor Amati, Wolfgang Becker

Música
André Abujamra

Música adicional
Os dez minutos finais de créditos vêm com o resgate de uma gravação antiga de “Trem das
Onze”, com Adoniran Barbosa, eleito como a melhor canção de todos os tempos sobre São
Paulo; uma gravação original da primeira missa composta em São Paulo em 1774, executada
pelo Americantiga e regência de Ricardo Bernardes; e um Caetano Veloso inédito com a sua
locução no segmento “Concreto” de “Bem-Vindo a São Paulo”, musicada por André Abujamra.

Produção
Renata de Almeida, Leon Cakoff

Produtora
Mostra Filmes / Mostra Internacional de Cinema / São Paulo International Film Festival



2 Responses to “Welcome to São Paulo”

  1. Fantástica dica!

    Eu adorei “Paris, Eu Tem Amo” — se o filme sobre SP for 50%, está de bom tamanho.

  2. Paris, Eu Te Amo é realmente demais! Adorei ;p
    Abraços!