Você reparou?

marronzinho.jpg Pergunta retórica: você reparou que, com a suspensão do rodízio municipal de veículos, os fiscais da CET – mais conhecidos como ‘marrozinhos’ – sumiram das ruas? Ou será que é só paranóia do Sampaist?

O rodízio foi suspenso na segunda-feira e, desde então, é raro ver os fiscais da CET em esquinas e escondidos atrás de árvores e postes para multar os motoristas que furam a lei.

Por experiência própria, eu costumava avistar pelo menos 6 fiscais no trajeto entre minha casa e o trabalho por volta das 7h da manhã. Eles geralmente ficam em esquinas e/ou escondidos furtivamente atrás de postes e árvores. A idéia é “pegar” o motorista que burlou o rodízio por trás, sem que ele perceba que foi multado.

Segundo a Folha de S. Paulo, 27,2% de todas as multas aplicadas em 2005 foram por desrespeito ao rodízio, totalizando 970 mil infrações. É muito claro que o rodízio de veículos virou uma indústria de fazer dinheiro para a Prefeitura e muito estranhamos não encontrar mais os marronzinhos por aí.

Vale lembrar que o maior número de multas em 2005 ficou para o excesso de velocidade, com 33% do total. E, como todos sabem, não é necessário ter um marrozinho para efetuar este tipo de multa. Basta um radar escondido e tudo se resolve!

Será que estamos viajando? Paranóia? Trauma de multado? Deixe sua opinião nos comentários!

Foto no Flickr da Tatiana Sapateiro.



Comments are closed.