Compra um!!!

Um e-mail do Marmota recebido na quinta-feira, pouco antes de sairmos para a festa do Sampaist, deixou nossa noite um pouco mais triste. O Marmota avisava que o Seu Armando, famoso vendedor noturno de bonequinhos na região da Paulista e Vila Madalena, havia morrido. Segundo o Guia da Vila:

Todo dia, por volta das 19h, seu Armando Rafael Colacioppo, sai da sua casa na Vila Nova Cachoeirinha e percorre bares como Filial, Teta Bar, Ó do Borogodó, entre outros lugares na Vila Madalena, vendendo os bonequinhos de pano confeccionados por sua esposa, Vera Lúcia Bertazzoni Colacioppo, e só retorna, de ônibus, carona ou bicicleta, quando já tiver raiado o dia. Essa rotina se repete há 35 anos.

Uma pena mesmo. A cidade perde mais um personagem folclórico. Para quem quiser saber mais sobre Seu Armando, leia a entrevista no Guia da Vila.



3 Responses to “Compra um!!!”

  1. Caramba, que foda. Eu “quase comprei” várias vezes o boneco do Zé Celso. Da última vez que vi o “Seu Armando” (não sabia o nome dele…), num boteco na Av. Paulista, só não levei pq perguntei daquele personagem específico e ele não tinha no estoque que carregava. O cara era mto bom, uma técnica genial de abordar as mesas sem ser chato.

    Claro, o bar é o lugar em que o que vc quer mais é focar na porção de provolone e no papo inflamado sobre qq coisa que ficou mais interessante com chopp — mas eu sempre pensava que, dia desses, podia ficar horas ouvindo e vendo aquele sujeito sacando os bonecos da bolsa.

    Trabalhando, ele quase parecia um deles. O jeito de falar propositalmente bobo-envergonhado e caricato, os gestos rápidos tirando um monte de gente e bicho da sacola; ele mesmo maravilhado com o produto simples, mas meio mágico. Ele mesmo meio mágico. Pô, notícia triste.

  2. A Flap está acontecendo e ‘vocês’ não disseram nada a respeito, será tema de um futuro post ?

  3. Tenho vários bonecos, já bati altos papos com ele e fiquei bem triste quando soube também.
    Temos de tomar conta direitinho de nossos E.T.s tarados e de nossas cobrinhas azuis!