Máquina de placas

placasampa.gif As novas placas de rua de São Paulo são ótimas. Dá para ver de longe e os apelidos são fáceis de identificar. Mais legal ainda é o “Placa-o-Matic” que o Marmota criou e deu a dica nos comentários do Sampaist.

Mesmo assim, a nova sinalização tem algumas falhas. Segundo o Marmota:

Se bem que a Empresa Municipal de Urbanização (Emurb) cometeu algumas bobagens: a “Praça Clóvis” virou “C. Benviláqua”; a “Dr. Falcão” ficou grafada como “F. Filho”; e a “Praça Ramos” ganhou uma placa “R. Azevedo” – de longe, parecia Rua Azevedo…

Para fazer sua placa, basta escolher um nome criativo, a região e colocar os números de identificação. O mais legal desse novo tipo de placa é a mudança de cor de região para região. Na zona leste, por exemplo, é vermelho. Zona sul é azul claro e zona norte é azul escuro. O centro, coitado, tão abandonado, continua cinza. Podiam colocar uma cor alegre para dar uma animada, né?

Clique aqui para fazer sua placa de rua no “Placa-o-Matic”. Valeu, Marmota!



One Response to “Máquina de placas”

  1. Obrigado! Também gostei do modelo novo, e já reparei que, em boa parte da cidade – especialmente em regiões mais próximas do centro – as placas novas estão a todo vapor.