Mais negociações

reitoriaocupada123.jpg

Após um fim de semana praticamente sem notícias novas sobre a invasão na reitoria da USP, voltamos nesta segunda-feira a falar sobre o caso. Hoje os alunos têm uma nova reunião agendada com o secretário de Justiça de SP, Luiz Antonio Guimarães Marrey.

Segundo os estudantes, o objetivo é dar continuidade às negociações que começaram na última quinta feira e, com isso, evitar a desocupação da reitoria pela Tropa de Choque. A Justiça já determinou a reintegração de posse do prédio há mais de uma seman, mas os alunos disseram que permanecerão no local e resistirão caso a Polícia Militar invada.

Os universitários ocupam o prédio há mais de 20 dias em protesto contra decreto do governador José Serra que, segundo eles, diminuem a autonomia das instituições universitárias, além de reivindicarem melhoras no ensino universitário público e a ampliação da assistência estudantil através do aumento de vagas nas moradias estudantis.

Para o Sampaist, esta invasão já deu o que tinha que dar. Um conselho que damos ao pessoal da USP é transferir a reitoria para a FFLCH e deixar que a reitoria se transforme em FFLCH. Assim, a ocupação perde o sentido e o pessoal que acampa por lá não precisará mais perder aulas…

Foto no Flickr do Sampaist.



Comments are closed.