O fim do Ornabi

livros123.jpg

Recebemos com tristeza a dica do fotógrafo Ricardo Motti sobre o fim do ex-mega-sebo Ornabi, no centro da cidade.

O dono, Sr. Luiz, vai fechar o sebo e viajar para Portugal, onde tem família. Segundo Motti, a loja ficará aberta apenas até o dia 31 deste mês e os livros serão vendidos com descontos progressivos. De acordo com o Estadão:

Quase toda a vida de “seu Luiz”, como o livreiro é conhecido, foi dedicada a garimpar obras perdidas e reapresentá-las ao público com o aval de quem reconhece seu valor. “A fala se perde no ar, a palavra escrita fica. É eterna”, diz o livreiro que chegou a reunir 400 mil volumes nas prateleiras espalhadas entre salas e corredores do Edifício das Arcadas, construído entre 1915 e 1920, no centro, e tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado (Condephaat). Está ali desde 1945.

Aproveite enquanto há tempo. Se você gosta de livros raros, antigos e que já saíram de edição, dê um pulo no histórico Edifício das Arcadas e viaje pelos livros do Seu Luiz. Enquanto esitver no centro, aproveite para visitar outros sebos enquanto eles ainda existem…

Ornabi // Rua Quintino Bocaiúva, 176, sala 9 // tel. 3105-1391

Foto no Flickr do Gadl.



One Response to “O fim do Ornabi”

  1. The new Booking and Information service completely free of charge!