Resfest chega a sua 10º edição

resfest%202.jpg

O RESFEST BRASIL, maior festival da cultura pop em suas várias expressões (cinema, música, design gráfico, moda e tecnologia) acontece nos dias 18, 19 e 20 de maio de 2007, pela primeira vez concentrado em um único local, a Cinemateca Brasileira.

Seguindo a principal edição do festival em Nova Iorque, sua sede, o RESFEST comemora a 10ª edição, em nova fase, como espelho das manifestações criativas contemporâneas, mostrando o que há de mais inovador em termos de linguagem e sua correlação com as novas tecnologias e marcado pelo crescente alcance mundial das novas mídias e formas de difusão de cultura.

Nesta edição, os diretores Carlos Farinha e Clarice Reichstul (sócios da Bizarre PA), ao lado da produtora Lobo, concentraram o evento em único lugar para que o público tenha acesso a toda a programação, sem precisar se deslocar, além de pretender proporcionar ao público uma nova experiência com a programação, conteúdo e o espaço do festival.

A programação traz diversos formatos de apresentação, incluindo o que há de mais atual em novas mídias e tecnologia numa seleção que está no limiar entre mainstream e underground.

resfest.jpg

Este é o caso das sessões que reúnem curtas-metragens, filmes de animação e videos musicais brasileiros, coreanos, alemães, franceses e holandeses, entre outros.

Um dos principais e mais esperados filmes desta edição é “Drawing Restraint 9”, do celebrado Matthew Barney, multi-artista norte-americano casado com a cantora islandesa Björk, que atua no vídeo e também desenvolveu a sua trilha sonora.

O filme, que será exibido pela primeira vez no Brasil numa única exibição no Resfest, é apenas um dos muitos filmes de grande interesse desta edição.

Veja a programação completa aqui:

Cinemateca Brasileira// Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vl. Mariana// Entre os dias 18 e 20 de maio// Tel: 5084-2177// Ingressos nas lojas Chilli Beans e na rede de pizzarias Piola, além do site Ingresso Fácil

Informações da Assessoria de Imprensa


DIA 18 DE MAIO

- Sessão Vídeos tha Rock
18 de maio de 2007, às 15h20 na Sala Cinemateca/BNDES

O persistente programa de clipes de rock do Resfest nunca foi lugar de se encontrar vídeos tradicionais, apesar de que, nesta edição, este conceito foi revisto na paródia atrás das câmeras de Nima Nourizadeh para o hit do Hot Chip, “Over and Over”. Outros vídeos usam animações sofisticadas para contar histórias épicas e fantásticas com temas ambiciosos: o “War Photographer”, de Joel Trussell para Jason Forrest é uma hilária fábula sobre dois Vikings rivais do Rock, “Fortress” de Elliot Jokelson e Loyalkaspar para o Pinback, é uma saga de guerra feita em giz-e-aquarela; enquanto “Marble House” de Chris Hopewell para o The Knife, é um dia na vida de uma família de ratos em stop-motion, e “Travel Is Dangerous” do Monkmus para o Mogwai, é uma linda história sobre degradação ambiental, olhando para dentro do mundo animal.

- Sessão Shorts one: State of the art
18 de maio, às 17h – Sala Cinemateca/BNDES

State of the Art é a principal mostra de curtas do Resfest e mistura live action, animação, motion graphics e documentários, com exibição programada para dia 18 de maio, às 17h. Como sempre esta compilação tem um caráter verdadeiramente internacional, com filmes vindos da África do Sul, Espanha, Inglaterra, Coréia, Holanda e Estados Unidos. Com exceção do suntuoso “The Tale of How”, dos novatos The Black Heart Gang, a mostra inclui trabalhos de criadores já conhecidos pelo Resfest como Run Wrake, PES e Chris Shepherd, além de três pré-estréias do festival Alumni – “0.08”, um perfil angustiante de Johan Kramer sobre um menino espanhol quase cego; “Food Fight”, um resumo de Stefan Nadelman sobre as guerras mundiais interpretado pelas próprias comidas locais, e o thriller conceitual do maestro da RND# Richard Fenwick, “The Box”. Abaixo, seguem todos os filmes que serão exibidos no Shorts one: State of the heart.

- Beijing Bubbles
18 de maio de 2007, às 18h40, na Sala Cinemateca/BNDES

“Beijing Bubbles” é um documentário sobre a cena do punk e do rock de Pequim, um retrato de cinco bandas na capital da China. É também um filme sobre ser diferente em um país que é atualmente o que mais se desenvolve no mundo, no qual todos são obcecados pelo progresso e pela prosperidade.

- My Brightest Diamond | USA
18 de maio, sexta-feira, às 21h00

My Brightest Diamond é o resultado da mistura das influências de juventude de Shara Worden com sua paixão mais recente pelo avant rock.

- Korea Shorts One
18 de maio, às 22h30, na Sala Cinemateca/BNDES

Humor bem intencionado e ansiedade surreal prevalecem nos filmes desta sessão. A frustração é um tema comum, sempre expressada por uma imaginação deturpada. O delicioso “Toy Artist” mostra que a paternidade e o trabalho podem coexistir. Lembrando “La Jetee”, “Storyteller” é uma fábula sonhadora sobre um artista. Tentativas falidas de suicídio e jiujitsu levam o nosso herói à loucura em “A Big Loser Has a Big Gun”; rostos de porcelana lotam um sonho em estilo kabuki em “Can You Go Through?” e “Forgotten Language” mostra que a vida pode ser cruel se você fala com sotaque.

- Sessão Everything Under the Sun: Filmmaking with a Purpose
18 de maio de 2007, às 15h20, na Sala Cinemateca/Petrobrás

Enquanto o Resfest passava, arduamente, por milhares de inscrições desta edição, um fato ficou mais aparente do que nunca: os cineastas estão se forçando cada vez mais a responder às complexidades da vida moderna.

- Sessão Shorts Brasil 1
18 de maio de 2007, às 16h50 na Sala Cinemateca/ BNDES

Shorts two: Out of the box
18 de maio, às 18h40 – Sala Cinemateca/Petrobrás

A idéia do Out of the Box é manter o sabor internacional do festival com trabalhos da Alemanha, Colômbia, Croácia, Suécia e Brasil, unindo diretores que buscam expandir os limites impostos por forma e sujeito, com filmes abrangendo temas como ratos e a perda da virgindade, sempre com efeitos espetaculares. “Bert and Bertie’s Phobias” exibe o que poderia acontecer se um grupo de neuróticos enfurecidos fosse trancado em um quarto, enquanto o hilário “Family Ties: Dreams and Desires” de Joanna Quinn mostra planos de casamento que deram errado. Outros filmes se inspiram pelas artes e por cartas, como “Leviathan” de Simon Bogojevic-Narath que transforma o incrível trabalho de Hobbes sobre filosofia política em uma animação inovadora, e “Tyger” de Guilherme Marcondes que mostra uma nova e impressionante versão do adorado poema de William Blake. Abaixo, seguem todos os filmes que serão exibidos no Shorts two: Out of the Box.

- Shorts three: Fear and Trembling
18 de maio, às 22h30 – Sala Cinemateca/Petrobrás

Não se sabe se é o atual clima cultural ou se é a crescente freqüência de desastres naturais, mas os diretores têm ultimamente se preocupado muito em traumatizar suas audiências. Com mais do que o suficiente de sustos e espantos nas inscrições deste ano, o Resfest criou este sombrio e aterrorizante programa, que tem desde a estréia mundial do diretor polonês Marcin Pazera com “Moloch”, uma simbiose peculiar entre fábrica e homem, ao diretor americano Carter Smith com seu prêmio do Júri de Sundance por “Bug Crush”, um olhar perturbador sobre as peripécias de se encaixar em uma escola secundária suburbana. “Jona Tomberry” da Holanda, arranca um pesadelo em Rosto, enquanto o Venezuelano residente da Inglaterra Carl Zitelmann usa uma dura e vívida animação que mostra os últimos momentos de um cowboy. Já os truques perturbadores e ocasionalmente aterrorizadores de “Fear and Trembling” entrarão no subconsciente e lá plantarão sementes. Abaixo, seguem todos os filmes que serão exibidos no Shorts three: Fear and Trembling.

- Debate: Do It Yourself
18 de maio, sexta-feira, às 16h00

A cultura punk do ‘faça você mesmo’ encontra a cada dia terreno mais fértil no audiovisual. Com a ajuda das novas mídias e meios de produção, a paixão manda mais e a necessidade de expressão depende cada vez menos de verba, condições favoráveis ou amadurecimento para se tornarem realidade.
Debatedores:
M. Strange (We Are The Strange), diretor
Kerri O’Kane (The Gits), diretora
Cadu Datoro, diretor e sócio da Datoro
Cadu Macedo, designer
Mediação: João Paulo Schlittler, designer e professor da ECA – USP

- Conversa com Luis Carone
18 de maio, sexta-feira, às 18h00

Hoje um dos diretores de videoclipes mais premiado do país, Luis Carone começou a trabalhar com computação gráfica aos 14 anos. Aos 16 já era free-lancer de produtoras como Vetor Zero, Lobo e Ad Studio. Após algum tempo em Londres (onde trabalhou na produtora The Mill, do diretor Ridley Scott), voltou ao Brasil em 2004 e, hoje, faz parte do time de diretores da O2 Filmes.
Anfitrião/entrevistador: Rodrigo Pimenta, designer e gerente do departamento de Promo/Gráficos da MTV Brasil

DIA 19 DE MAIO

- Sessão Cinema Eletrônica
19 de maio de 2007, às 11h na Sala Cinemateca/BNDES

Como sempre este programa popular, no Resfest, mostra a habilidade de talentosos diretores do mundo inteiro em elevar a música eletrônica e hip-hop em seleção dos mais excitantes em 2006, através da ingenuidade dos curtas.

- “Drawing Restraint 9”
19 de maio de 2007, às 12h40, na Sala Cinemateca/BNDES

“Drawing Restraint 9” é o mais novo trabalho de Matthew Barney, desta vez com trilha de Björk, visualmente abstrato e surpreendente. Em uma refinaria de óleo japonesa, um caminhão cheio de vaselina desfila da fábrica para o porto. A procissão, liderada por animais, é ladeada por centenas de japoneses animados, enquanto o caminhão chega a um enorme baleeiro para onde a vaselina é bombeada, em um molde, no convés.

- Retrospectiva Goulart de Andrade
19 de maio de 2007, às 15h10, na Sala Cinemateca/BNDES

Poucos não foram os programas – principalmente “Comando da Madrugada” – de Goulart de Andrade que viraram lendários, muitos dos quais fazem parte dessa retrospectiva, seja por sua ousadia ou pelo aspecto inusitado, como quando Goulart se vestiu de travesti, ou quando transmitiu, no programa, o parto de uma gata ou o parto da própria filha. Há ainda muitos outros episódios memoráveis, como os programas sobre o ET de Varginha, sobre implante peniano ou o dos monstros do silicone, com travestis aplicando silicone em si mesmos.

- Inside Outside
19 de maio de 2007, às 16h15 na Sala Cinemateca/ BNDES

“Inside Outside” é um filme sobre vandalismo e arte – e o vandalismo como arte. O filme acompanha os principais artistas de rua do mundo e mostra seu trabalho ilegal, nas ruas de diversas cidades – assim como aparições no mundo de arte comercial.

- The Gits
19 de maio de 2007, às 17h30 na Sala Cinemateca/BNDES

A emocionante e comovente história da banda de Seattle The Gits, que teve sua ascensão interrompida pela trágica morte de sua líder Mia Zapata. Aparentemente descendente do revolucionário Mexicano Emiliano Zapata, a incrivelmente magnética vocalista tinha uma voz poderosa e comovente que escondia sua timidez e diferenciava o The Gits das outras bandas punks da época.

- Korea Shorts Two
19 de maio, às 19h, na Sala Cinemateca/BNDES

Crises de identidade e a inocência da infância são os temas desta seção de filmes com estéticas diversas, feitas em live action e animação. Em “One”, um pequeno detalhe pode mudar o percurso da história de uma cidade provinciana, “Hae Woo So” tira sarro de um menino com problemas intestinais, “The Secret With Her Mask” mostra que mulheres ficam mais sexies com bigodes, “Walking in the Rainy Day” exibe nossa heroína se divertindo com seu amigo sapo (preste atenção na trilha!); e “Movie Star” expõe o legado de um ator durante o seu flash-back post-mortem.

Miho Hatori | Japão/USA
19 de maio, sábado, às 20h00

Uma das metades da lendária banda Cibo Matto, uma das mais importantes da cena nova iorquina do final da década de 90 (quem não se lembra do vídeo para a música ‘Sugar Water’, um dos melhores já feitos por Michel Gondry?), Miho Hatori vem ao Brasil apresentar seu recém-lançado primeiro disco solo, ‘Ecdysis’ (Rykodisc, 2006).

- “We are Strange”
19 de maio de 2007, às 22h30, na Sala Cinemateca/BNDES

M Dot Strange passou três longos anos fazendo este filme, usando várias técnicas de animação – tradicional, stop motion, digital, e sua única miscelânea de gráficos e animes de 8-bits batizada de “Str8nime”. Os visuais absurdos são acompanhados por uma trilha linda e angustiante. O resultado final é um “techno-carnaval” esquisito que culmina numa batalha entre a inocência e a maldade. Fora a iniciativa audaciosa, o diretor de “We are Strange”, a cada problema encontrado no meio do caminho, postava um vídeo com sua resolução no YouTube. Com isso, formou um séqüito de seguidores e uma rede de pessoas que foram ajudando na produção do filme ao longo dos anos.

- Sessão A Decade of Resfest – 10 Seminal Pieces from the Past Decade
19 de maio de 2007, às 11h, Sala Cinemateca/BNDES

Desde seu começo, como uma autêntica projeção de novos trabalhos digitais em uma galeria em São Francisco, o Resfest tem consistentemente promovido o feito-à-mão, o DIY e os corajosos que impõem novos limites. Para o seu 10º aniversário, foram escolhidos 10 reconhecidos cineastas para representar os 10 anos do festival, ilustrando as diversas maneiras que eles usam ao reinventar seu meio.

- Motion Graphics & Music Vídeos Korea
19 de maio, às 12h50, na Sala Cinemateca/Petrobrás

Surpreendentemente, muitos filmes oferecem humor, esperança e um desejo de utopia, uma grande mudança da tradicionalmente sombria e vazia visão da vida. Do lado contemplativo, “Moving Panorama” mostra cenários Coreanos e Japoneses de uma maneira cool e zen; enquanto “Neo Menga” molda tediosamente o corpo humano. A tocante e pessoal “Composition 06_01” nos faz pensar em nossos amores perdidos. O humor é abundante em “Have You Ever Danced With Your Heroes?” de 1980, que mostra a Madonna dançando com Chow Yun Fat. No mundo complexo dos “CV Brothers” que é habitado por estranhas, porém lindas bestas de paixão, e o psicodélico “Kaleidoscope” que mostra a harmonia entre mecânica e gráfica.

- “No Traço do Invisível”19 de maio de 2007, às 14h30, na Sala Cinemateca/BNDES

O documentário, dirigido por Laura Faerman (Cavalo de Tróia, 2005) e Marilia Scharlach (Morango, 2005), fala de uma São Paulo que, enquanto, segue seu ritmo frenético, acompanha o grafiteiro Zezão pelos locais onde ele produz suas intervenções urbanas: subterrâneos, galeria de águas e esgotos, fábricas destruídas e outros lugares abandonados da cidade.

- ‘Máquina’ + Conversa com Gabe Ibañes (sala de exibição)
19 de maio, sábado, às 15h40, na Sala Cinemateca/Petrobrás

Apresentação do curta ‘Máquina’, filme vencedor do Festival Internacional de Curtas-Metragens de Clermont Ferrand, provavelmente o mais importante festival do mundo nesta categoria.
Gabe Ibañez se notabilizou no mercado publicitário espanhol por fazer filmes que integram, de maneira perfeita, elementos de composição com filmagem de atores. “Máquina” é seu primeiro curta metragem. A apresentação do filme será seguida de um bate-papo com o diretor do filme.

- Sessão CanCon
19 de maio de 2007, às 17h na Sala Cinemateca/Petrobrás

Os artistas canadenses mais inovadores de 2006 expandiram suas visões, explorando conteúdo através de tecnologia de ponta e forma, enquanto falam de temas recorrentes no programa internacional. O resultado é o programa mais forte de curtas canadenses – filmes, clipes e animações – já mostrado no Resfest.

- Sessão French Touch
19 de maio de 2007, às 18h40 na Sala Cinemateca/Petrobrás

Na edição de 2007, o programa específico do Resfest Paris agrupou uma recente seleção hexagonal de curtas, animações, clipes e experimentações, vários deles inéditos mesmo na França.

- Sessão Shorts Brasil 2
19 de maio, às 22h30, na Sala Cinemateca/Petrobrás

- Debate: Festival de Cinema na Era do You Tube
19 de maio, sábado, às 14h, na Sala de Palestras

Uma das funções primordiais de festivais de cinema é trazer, para a audiência, filmes que, de outra maneira, dificilmente conseguiriam figurar nos circuitos tradicionais de exibição. Hoje, novas mídias e ferramentas de divulgação de vídeos criam um cenário em que os filmes são rapidamente disseminados pela Internet e a audiência não precisa mais esperar por um festival para ver seu novo e aguardado filme.
Debatedores:
Francisco César Filho, cineasta, curador, diretor de televisão, coordenador de workshops e assessor de comunicação.
Clarice Reichstul, Resfest Brasil
Roberto Moreira S. Cruz, Gerente do Núcleo de Audiovisual do Itaú Cultural
Alex Andrade, Coordenador de Difusão da Cinemateca Brasileira
Festival de Curtas de São Paulo

- Vem Comigo!: Conversa com Goulart de Andrade
19 de maio, sábado, às 16h20

Goulart de Andrade, pioneiro na produção independente de TV no Brasil com o seu revolucionário e irreverente programa ‘Perdidos na Noite’, que marcou época na TV brasileira e influenciou uma geração jovens. Goulard vai ter uma conversa descontraída com jornaistas e com o público, quando deve contar muitas das suas histórias impagáveis e bastidores do pograma.
Entrevistadores:
Alexandre Matias, jornalista
Marcelo Tas, jornalista
Bia Abramo, jornalista

- Debate: Graffiti – Documentação de Uma Arte Efêmera
19 de maio, sábado, às 18h00

O graffiti é, por excelência, uma arte efêmera, feita em movimento, nem sempre em locais permitidos. Muitas vezes os autores são desconhecidos e, às vezes, é o registro fotográfico ou em vídeo da obra que ganham o mundo.
A discussão se centralizará na documentação dessa forma de arte e quais as diferenças entre a documentação feita para o meio do graffiti e a feita para a sociedade em geral.
Debatedores:
Laura Faerman, diretora
Marília Scharlach, diretora
Zezão, artista plástico e grafiteiro
Flavio Samelo, fotógrafo
Onesto, videomaker
Andreas Johnsen, diretor
Mediação: Renata Simões, jornalista

DIA 20 DE MAIO

- Sessão By Design
20 de maio de 2007, às 11h na Sala Cinemateca/BNDES

Desta vez, o programa do By Design encontra inspirações tão diversas quanto relógios cuco e bolas de futebol, usando várias técnicas desde a última e mais moderna CGI a uma animação em stop motion totalmente feita com lembretes Post-it. Tem também trabalhos lindíssimos de dois membros do RES 10 – o mago multidisciplinar de Tóquio Takagi Masakatsu com seu poético “Bloomy Girls”, e os heróis americanos Impactist com sua viagem mística “Ranch”. Dois estabelecidos mestres visuais e contribuidores assíduos do Resfest voltam à casa: Ben Stokes com a estréia de sua homenagem à arte de fazer-filmes “Dub Projector”, e Graham Woods com seu hipnótico e assombrosamente evocativo vídeo para “Jesse” de Scott Walker.

- Retrospectiva “Radiohead, The Visionaires – 10 Years of Breaking New Talent”20 de maio, às 12h30, na Sala Cinematece/BNDES

O Radiohead é a melhor banda do mundo? Bem, pode ser. Mas além de seus consideráveis dotes musicais, os Srs. Yorke, Greenwood, O’Brien e Selway merecem uma atenção adicional por estabelecerem uma surpreendente quantidade de novos talentos cinematográficos com seus clipes cuidadosamente construídos e sempre artísticos.
Já que o Resfest sempre procura o mais novo talento, faz sentido celebrar, em seu 10º aniversário, o trabalho cinematográfico extremamente distinto desta banda, durante a década passada.

- ‘The History of America’ + Conversa com MK12 (sala de exibição)
20 de maio, domingo, às 14h00

Um dos mais hypados estúdios de design do mundo, o MK12 apresenta seu primeiro filme média-metragem, ‘The History of America’, seguido de uma apresentação do filme com perguntas do público com Tim Fisher e Bem Radatz e toda a equipe da produtora.
Anfitrião/ Entrevistador: Mateus de Paula Santos, designer e diretor da Lobo.

- Sessão Videoclipes DES Br
20 de maio de 2007, às 16h00 na Sala Cinemateca/BNDES

Uma seleção de videoclipes das bandas Mombojó, Charlie Brown, Nação Zumbi, Cansei de Ser Sexy, entre outros, além de curtas de animação e design.

- “Brasilintime: Batucada com Discos”
20 de maio de 2007, às 17h30, na Sala Cinemateca BNDES

O filme é o registro de um momento histórico da música. Idealizado pela Red Bull Music Academy, o projeto proporcionou em São Paulo, no ano de 2002, um encontro inédito entre os bateristas brasileiros Ivan Mamão Conti, João Parahyba, Wilson das Neves e as lendas americanas das baquetas Derf Reklaw, Paul Humphrey e James Gadson; enriquecido ainda pela participação dos DJs de Hip Hop, Nuts (Brasil), Babu (EUA), Jrocc (EUA), Cut Chemist (EUA) e Madlib (EUA) – cuja formação musical foi influenciada por estes mestres da velha guarda.

- Akron/Family | USA
20 de maio, domingo, às 20h00

Quatro caras vindos do subúrbio rural dos Estados Unidos para Nova York com o intuito de fazer música, gravam as faixas em seu próprio apartamento e cultuam uma religião singular criada por eles chamada ‘AK’. Parece bizarro mas é assim que o Akron/Family se apresenta.

- Filme Surpresa
20 de maio, domingo, às 22h30

- Sessão Unsung Heroes – Gems from the Archive
20 de maio de 2007, às 11h00 na Sala Cinemateca/Petrobrás

Como é melhor dar do que receber, o Resfest resolveu, em seu 10º aniversário, que daria um presente ao público: a compilação de uma década dos melhores clipes de música já mostrados pelo festival.

- “The High Score”
dia 20 de maio de 2007, às 12h40, na Sala Cinemateca/Petrobrás

O jogador de Portland, Bill Carlton, é um dos mais animados, conquistando alguns dos recordes mais difíceis. “The High Score” segue Bill enquanto ele tenta quebrar o recorde de um Atari de 20 anos, no clássico “Missile Command”. Para quebrar o recorde de 80 milhões de pontos, ele terá que jogar usando apenas uma moeda de 25 cents durante dois dias seguidos, pois não existe um botão de pausa. Ele não poderá dormir. Só poderá existir um vencedor neste clássico homem contra “Missile Command”.

- Korea Shorts Three
20 de maio, às 14h00, na Sala Cinemateca/Petrobrás

Esta sessão tem a coleção de personagens mais esquisitos, destinados a cumprir suas obsessões. Não são figuras nada fáceis de encontrar num beco sem saída. Na tira de quadrinhos que se torna real “Why Not!” os personagens são tão malucos quanto os desenhos; “No Sympathy” mostra que inseguranças adolescentes podem atingir seus limites quando mentiras se tornam verdades incompreensíveis; um turista e sua câmera podem levar italianos à loucura em “Magic Camera”; uma marronzinha tacanha persegue um homem que se recusa em mudar seu carro; estrangeiros na Coréia irão concordar completamente ao assistirem “Alien in Korea”, e finalmente, David Lynch renasce no impressionante “Dancing Rabbit”.

- em>“Danielson: A Family Movie”
dia 20 de maio de 2007, às 15h30, na Sala Cinemateca/Petrobrás

“Danielson: a Family Movie” é um documentário sobre a criatividade desenfreada contra a acessibilidade, a fé Cristã contra a cultura popular, a música underground contra a sobrevivência, a família contra a individualidade.

- Sessão The Dutch Mix – Tits Asses and Kisses
dia 20 de maio de 2007, às 17h30, na Sala Cinemateca/Petrobrás

Exclusiva da Holanda, a segunda edição do The Dutch Mix junta vários diretores holandeses, dos famosos aos mais novos e inexperientes, em uma seleção caleidoscópica de curtas visionários, clipes provocativos, documentários criativos, trabalhos artísticos experimentais, animações inovadoras, e tudo mais que uma mente criativa pode inventar.

- Sessão Shorts Brasil 3
20 de maio, às 18h40, na Sala Cinemateca/Petrobrás

- Botinada – A Origem do Punk Rock no Brasil
20 de maio, às 22h30, na Sala Cinemateca/Petrobrás

O documentário de Gastão Moreira conta, de forma imparcial, o inicio, o meio e o declínio do movimento punk original no Brasil, com depoimentos dos principais participantes em entrevistas exclusivas.

- Conversa com M.Strange
20 de maio, domingo, às 15h30, na Sala de Palestras

M Dot Strange passou três anos fazendo um filme de animação, sozinho, usando várias técnicas – animação tradicional, stop motion, 3D, e sua única miscelânea de gráficos e anime de 8-bits batizada de “Str8nime”. A cada problema encontrado no meio do caminho, ele postava um vídeo com sua resolução no Youtube. Com isso, formou um séqüito de seguidores e uma rede de pessoas que foram ajudando na produção do filme ao longo dos anos.
Anfitrião/Entrevistador: João Paulo Schlittler, designer e professor da ECA – USP

- Debate: Novas Ferramentas, Novos Meios e Novas Mídias
20 de maio, domingo, às 17h00, na Sala de Palestras

Mais do que reciclar o setor de audiovisual, todo o novo arsenal de meios de distribuição, veiculação e produção, vêm transformando radicalmente as bases do mundo dos vídeos. Como vêem isso as pessoas que estão no olho do furacão desse mundo em que celulares filmam com qualidade de DVD? Em que a edição é feita diretamente num computador simples? E em que filmes na Internet conseguem ter mais audiência do que a TV tradicional? Essas e outras questões serão discutidas.
Debatedores:
Flávio Samelo, fotógrafo
Jackson Araújo, jornalista e consultor de tendências
Fiore Mangone, Gerente de Desenvolvimento de Negócios na área de Multimedia da Nokia no Brasil
Daniel Soro, diretor e sócio da Piloto
André Mantovani, diretor-geral das operações de TV da Abril.
Mediador: Clarice Reichstul, Resfest Brasil



2 Responses to “Resfest chega a sua 10º edição”

  1. That’s the peerfct insight in a thread like this.

  2. aTTcPl bzypdlnquyem