Papel Pop é (quase) Sampa!

papelpop.JPG

Nós do Sampaist somos viciados em blogs, como todos sabem. Se você faz parte dessa turma, er, “nerd com muito orgulho”, certamente já deu uma passadinha no blog carioca Papel Pop. Afiado, às vezes até maldoso, o blogueiro Phelipe Cruz fala de tudo um pouco: fofocas e fotos de celebridades em momentos constrangedores, comentários sobre notícias absurdas do dia, e claro, cinema e música. As categorias são divertidas e fixas: “susto do dia”, “lixo do dia”, “frase do dia”, etc.

A diferença do Papel Pop é justamente o humor do autor. Por mais que a notícia seja batida e chata, ele consegue tirar dali algo engraçado. Não deixe de ler a fotonovela da passagem do Papa Bento XVI por aqui, por exemplo.

Phelipe é jornalista e acaba de ser contratado como editor do site da Revista Capricho! De mudança para São Paulo, ele diz já ter achado o seu canto preferido por aqui. Passado o choque, conversamos com ele para saber o que ele está achando da cidade:

papelpop2.JPGVocê acha que seu blog vai sofrer mudanças em São Paulo? O Rio de Janeiro tinha alguma influência nos seus posts (na linguagem, ou nos temas, no humor, etc)?

Acho que o Papel Pop só mudaria bastante se eu fosse morar numa cidade em que nada acontece. Aqui em São Paulo, assim como no Rio, tem sempre muita coisa acontecendo, muita informação e muita novidade. Não senti diferença. Você notou?

Ainda não… Qual foi o primeiro choque da mudança?

Acordar no fim de semana, num belo dia de sol, e perceber que não dá mais para pegar uma praia em Ipanema na barraca da Fátima, que colocava os filhos pequenos para trabalhar na areia servindo água de côco pro pessoal. Que saudade da praia… Que saudade da Fátima…

Você está há pouco tempo na cidade, mas já achou o seu canto por aqui? Cite três lugares interessantes que você conheceu nas últimas semanas.

Já achei meu canto. Estou na Bela Cintra, perto da Av. Paulista, e aqui perto tem tudo: cinema, restaurantes, clubes e o Promocenter cheio de DVD pirata. Estou no paraíso. Sobre os três lugares interessantes que conheci por aqui, adorei o clube Glória, a Bella Paulista (já comeu aquela trufa de nozes?) e a Rua Augusta de noite (quanta gente diferente, quantas prostitutas, quantos emos, que maravilha!)

Uma das categorias mais divertidas do Papel Pop é a “Susto do Dia”. Qual paulistano(a) mereceria entrar nela?


A Hebe e todas as outras Hebes que adoram passear no Shopping de Higienópolis com o cachorrinho na coleira.

O seu blog já te ajudou profissionalmente? Ou já te prejudicou de alguma forma?

Nunca me prejudicou e sempre me ajudou. Conheci muita gente legal e consegui um emprego bacana.

Recomende três blogs nacionais que você tem lido ultimamente.

Adoro o Impop, do Carlos Freitas, que é praticamente o avesso do Papel Pop. Leio também o Pensar Enloquece, do Inagaki, e o blog do Lúcio.

O que falta nas baladas paulistanas? Além de celebridades, claro.

Gente pelada.

A pergunta clássica bairrista: Rio ou São Paulo?

Se a pergunta é clássica, a resposta tem que ser clichê: Rio para curtir e São Paulo para trabalhar.

Você sabe que alguém é paulistano quando…

Quando usa gel no cabelo ou bermuda com tênis e meia.

Todo “blogueiro pop” tem vivido um dilema… Como está sendo a vida sem Paris Hilton?

Muito difícil. Eu acordo triste, desmotivado, sonho com ela sofrendo na cadeia, acordo assustado, com o coração na mão. Tá sendo uma barra.

Phelipe vai discotecar hoje na festa Peligro no Milo Garage! Estaremos lá!

Festa da Peligro @ Milo Garage // Show: Patife Band // DJs: Phelipe Cruz + Centro Cultural Batidão // Hoje, dia 17 de maio, a partir das 22h // Rua Minas Gerais, 203 – Higienópolis // Ingressos: R$ 10.



5 Responses to “Papel Pop é (quase) Sampa!”

  1. Adoro o Papel Pop, vou ficar psicopatando pela augusta pra ver se encontro o Phelipe (adoro ph, th…)

    alphaeether.blogspot.com

  2. When you’re nonetheless about the fence: grab your popular earphones, mind decrease to your Ideal Purchase and inquire to plug them right into a Zune then an iPod and see which one looks better for you, and which interface helps make you smile more. You then’ll know that is right for yourself.

  3. Thank you for the tips. It helped me a lot.

  4. Hi there, just became aware of your blog through Google, and found that it is truly informative. I’m gonna watch out for your future posts. I will be grateful if you continue this in future. Lots of people will be benefited from your writing. Cheers!

  5. The newest Zune browser is surprisingly great, but not as good as the iPod’s. It works very well, but is not as rapidly as Safari, and includes a clunkier interface. Should you occasionally strategy on working with the net browser that is not an issue, but should you’re planning to browse the net alot out of your PMP then the iPod’s much larger display screen and better browser could be essential.