Super-heróis pegam ônibus para contar a importância da Rua Augusta

augustus%20224.jpg

“Os Dois Lados da Rua Augusta” é um evento de espetáculo teatral em homenagem a uma das mais badaladas ruas de Sampa.

Na performance, que acontece a bordo de um ônibus entre as ruas Estados Unidos e Guimarães Rosa, é narrada a história dos quatro augustos Medieval Berliner (Dionísio Neto), China Vegas (Jeyne Stakflett), Sarajevo Ouro Fino (Pedro Sérgio Noizyman) e Rosa Paulista (Luciana Brites), super-heróis que perderam seus poderes extra-científicos e precisam encontrar um medalhão enterrado na rua para que o logradouro não caia no esquecimento.

Lançados à própria sorte pelo oráculo Ibotirama Bologna (Raquel Marinho) eles encontram a Rua Augusta (Isabel de Sá), que lhes faz uma importante revelação, interferindo no destino da trama.

Os nomes reveladores mostram como a Rua Augusta é transformada em um tabuleiro, e os atores em peças de um jogo nessa performance com texto de Dionísio Neto, que bateu um papo com o Sampaist sobre o espetáculo.

Sampaist – De onde surgiu a idéia de fazer uma peça sobre os dois lados da Rua Augusta?

Dionísio Neto - No ano 2000, eu tive a honra de dirigir a musa do cinema novo Helena Ignez no meu espetáculo “ANTIGA”. Em uma tarde, após o término da temporada, eu passei horas conversando com ela sobre sua carreira brilhante. Saí tão estimulado do papo que resolvi voltar andando do hotel onde ela estava hospedada no centro de São Paulo até minha casa, e não por acaso, vim pela Rua Augusta. Foi a primeira vez que percorri os 3km dela à pé e fiquei ainda mais fascinado com o olhar que pude ter sobre ela. Então veio em minha mente o nome do título “Os Dois Lados da Rua Augusta”. E sete anos depois fui contemplado com o Programa Municipal de Fomento ao Teatro, que me permitiu debruçar durante uma no sobre esta incrível rua e aprender muito sobre sua história.

Sampaist – Como foi o processo de criação da peça?

Dionísio Neto – O projeto é multimídia. Além da peça há 6 edições de um jornal – “O Satélite”, o site da Companhia Satélite e um DVD – documentário que dirijo, com depoimentos e o processo de criação, que terá distribuição gratuita. Durante 10 meses ficamos praticamente morando na rua, observando e entrevistando pessoas e o que mais me chamou atenção foi a excentricidade de seus habitantes, daí a idéia dos super-heróis. Descobrimos que há uma lenda urbana que fala de um medalhão enterrado na rua, enfim, escrevi a peça em 20 dias e cá estamos.

Sampaist – Você acha que a Augusta está na moda?

Dionísio Neto - Ela sempre esteve e sempre estará além da moda.

Sampaist – Por que dentro de um ônibus?

Dionísio Neto – Foi idéia do diretor Ivan Feijó. “Ônibus” significa “para todos”. E é isso que a rua é – a rua de todos.

Sampaist – O que só a Rua Augusta mostra sobre Sampa?

Dionísio Neto – A Rua Augusta é São Paulo inteira em uma única rua. Foi cantada por Roberto Carlos, Tom Zé, Rita Lee, Krepax… Ela tem todas as contradições da metrópole e um passado fantástico. O importante é saber que o presente dela também é fantástico e que depende dos cidadãos voltarem a amá-la e a freqüentá-la como no passado. É mais que um cartão postal da cidade. Ela é única no mundo pela diversidade que abarca, e pela harmonia que contém em si do caos urbano. Fora seus habitantes (o homem do pijama, o fofão, Sr. Plas, a mulher do galho… São tantos…). Eu gosto da Rua Augusta e a Rua Augusta gosta de mim.

Veja a programação do espetáculo após o clique!


“Os dois Lados da Rua Augusta”

Direção de Ivan Feijó
Figurinos do estilista Heitor Werneck, Inspirados nos habitantes do bairro japonês Harajuku.

Apresentações:

14/04 — Sábado às 21:00 hs.
15/04 — Domingo às 19:00 hs.
21/04 — Sábado às 21:00 hs.
22/04 — Domingo às 19:00 hs.

OBS: O Espetáculo é gratuito e somente serão aceitas as reservas feitas por e mail (produção@companhiasatelite.com), com até 48h de antecedência ao horário da sessão escolhida. No e-mail deverá constar nome completo, e telefone para contato. O espectador receberá a confirmação por e-mail com até 24h de antecedência e deverá comparecer ao local do espetáculo com uma antecedência de 15m no dia da sessão. Caso ultrapasse este limite, perderá os direitos sobre a reserva.

Limite de ingressos: 2 por e-mail e/ou pessoa. Após o término do espetáculo, o ônibus voltará à Rua Estados Unidos com Rua Augusta.

*O ônibus utilizado no espetáculo, foi gentilmente cedido pela empresa de transportes Andorinha



Comments are closed.