Riso para todos os gostos

monty_python_holy_grail_1.JPG Começa amanhã e vai até o dia 28 deste mês a mostra “Rir é o melhor remédio“, organizada pelo Memorial da América Latina. Entre os filmes exibidos estão “Carlota Joaquina: Princesa do Brazil”, “Um peixe chamado Wanda” e “Monty Python em busca do cálice sagrado”.

Monty Python em busca do cálice sagrado, é considerado seu melhor filme e a melhor comédia de todos os tempos. A história se passa na Idade Média, com direito a Rei Arthur em busca dos Cavaleiros da Távola Redonda. Formado o grupo, ele tem a divina missão de encontrar o cálice sagrado que está escondido em algum lugar do reino britânico.

As exibições vão até o dia 28 e os horários das sessões são de terça à sexta, às 10h, às 12h e às 15h; sábados, às 10h e às 12h. A entrada é gratuita! Continue lendo para ver a programação completa!


Dia 10

É COM ESTE QUE EU VOU. Direção de José Carlos Burle. Brasil. 1948.

O GRITO DA ÁFRICA (Africa screams). Direção de Charles Barton. EUA. 1949.

Dia 11

O PALHAÇO DO BATALHÃO (At war with the army). Direção de Hal Walker. EUA. 1950.

TOTÓ E AS MULHERES (Totò e le donne). Direção de Steno e Mario Monicelli. Itália. 1952.

Dia 12

O PECADO MORA AO LADO (The seven year itch). Direção de Billy Wilder. EUA. 1955.

O TERCEIRO TIRO (The trouble whit Harry). Direção de Alfred Hitchcock. EUA. 1956.

Dia 13

MEU TIO (Mon oncle). Direção de Jacques Tati. França. 1958.

ENTREI DE GAIATO. Direção de J.B. Tanko. Brasil. 1959.

Dia 14

JECA TATU. Direção de Milton Amaral. Brasil. 1959.

VAI QUE É MOLE. Direção de J. B. Tanko. Brasil. 1960.

Dia 17

LAS DOCE SILLAS. Direção de Tomás Gutiérrez Alea. Cuba. 1962. (Espanhol sem legendas)

ONTEM, HOJE E AMANHÃ (Ieri, oggi, domani). Direção de Vittorio De Sica. Itália/França. 1963.

Dia 18

O INCRÍVEL EXÉRCITO DE BRANCALEONE (L’armata de Brancalone). Direção de Mario Monicelli. Itália. 1966.

PRIMAVERA PARA HITLER (The producers). Direção de Mel Brooks. EUA. 1967.

Dia 19

MACUNAÍMA. Direção de Joaquim Pedro de Andrade. Brasil. 1969.

O ABOMINÁVEL DR. PHIBES (The abominable Dr. Phibes). Direção de Robert Fuest. Inglaterra. 1971.

Dia 20

MONTY PYTHON EM BUSCA DO CÁLICE SAGRADO (Monty Python and the holy grail). Direção de Terry Gilliam e Terry Jones. Inglaterra. 1975.

APERTEM OS CINTOS! O PILOTO SUMIU (Flying high!). Direção de Jim Abrahams, David Zucker e Jerry Zucker. EUA. 1980.

Dia 24

A CIDADE DAS MULHERES (La città delle donne). Direção de Federico Fellini. Itália. 1980. Às 12h e às 15h.

CLIENTE MORTO NÃO PAGA (Dead men don’t wear plaid). Direção de Carl Reiner. EUA. 1982.

Dia 25

OS TRAPALHÕES E O MÁGICO DE ORÓS. Direção de Dedé Santana e Vitor Lustosa. Brasil. 1984.

DEPOIS DE HORAS (After hours). Direção de Martin Scorsese. EUA. 1985.

Dia 26

MULHERES À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS. (Mujeres al borde de um ataque de nervios). Direção de Pedro Almodóvar. Espanha. 1988.

UM PEIXE CHAMADO WANDA (A fish called Wanda). Direção de Charles Crichton. Inglaterra. 1988.

Dia 27

MATINÊ: UMA SESSÃO MUITO LOUCA (Matinee). Direção de Joe Dante. EUA. 1993. 98 min.

CARLOTA JOAQUINA: PRINCESA DO BRAZIL. Direção de Carla Camurati. Brasil. 1995.

Dia 28

O AUTO DA COMPADECIDA. Direção de Guel Arraes. Brasil. 2000.

TRAPACEIROS (Small time crooks). Direção de Woody Allen. EUA. 2000.



One Response to “Riso para todos os gostos”

  1. Monty Python! Este filme é realmente fantástico. Os Cavaleiros que Dizem Ni e o Coelho Assassino são memoráveis. Pra quem é fã, recomendo comprar o DVD duplo do filme, a chamada “Edição Extraordinariamente de Luxo”, que vem com um monte de extras pra se divertir ainda mais.