…Mas podia ser verdade: Universitárias peladas protestam em SP

Uma passeata incomum tomou conta da cidade nesta semana. Universitárias descontentes com a qualidade do ensino resolveram protestar peladas na Avenida Paulista. Garotas da FAAP – o metro quadrado com as mulheres mais bonitas da cidade -, Mackenzie, USP e diversas outras universidades se juntaram em um grande carnaval fora de época na avenida mais movimentada de São Paulo.

O movimento estudantil começou pacífico e não conseguiu atrair a atenção da mídia. Por isso, as organizadores do movimento “Universitárias Unidas pela Educação” (UUE) resolveram pedir para que as participantes tirassem a roupa com o objetivo de atrair os olhos da imprensa.

Os estudantes do sexo masculino não participaram do ato e aproveitaram para tirar fotos e filmar as universitárias peladas. Os flagras foram publicados em diversos sites estudantis e bloqueados nos laboratórios de informática das universidades.

Cerca de 3 mil alunas compareceram ao protesto por melhor qualidade das universidades. Além das universitárias, algumas famosas personalidades também compareceram e ficaram nuas para colaborar com a causa.

Para marcar o 1º de abril, o pessoal do Sampaist resolveu postar mentiras do bem e escrever o que poderia rolar de legal na cidade. E você, o que imagina? Mande seus comentários!

A foto é do Adam Rose, nosso companheiro -ist lá do LAist.com.


Procurando pelas fotos? Sorry, primeiro de abril…



6 Responses to “…Mas podia ser verdade: Universitárias peladas protestam em SP”

  1. Posso rir?!
    Até gostei do vizu, mas agora, falando sério…
    Até entendo que a manifestação seja pela polêmica e para atingir –mesmo que dessa forma– as Instituições. O que vale é a intenção.
    Será mesmo??? Se a causa pela qual lutam essas esforçadas alunas é a melhoria da qualidade do ensino, acredito que não seja a ação adequada. Poderia ser algo mais criativo e inteligente para sim ser eficiente em atrair os veículos sérios de comunicação. Afinal, convivem em ambientes de experimatações e de rica criatividade — ao menos, deveria ser– e têm recursos para facilitar o acesso à cultura.
    Pensando bem… se isso foi o mais inteligente que conseguiram –mesmo que não saibam disso– talvez tenha sido uma forma boa (mesmo que deficiente em visibilidade) de demonstrar que a qualidade do ensino seja ruim apesar das altas mensalidades cobradas pelas universidades e pelos cursos pré-vestibular custeados pelos mais abastados.
    É. Mas quem disse que dinheiro está ligado a cultura?

  2. não me espantaria se isso rolasse mesmo.

  3. ou
    ou
    ou
    é o futuro de nossos doutores de saúde advogados …juiz brasileiro de todos os estados vcs estao vendo o s promotores intelectuais será que eles tem nossa razao de nos representar do que eles representam para nos brasileiros que confiamos em justiça kkk eles não representa nada para pessoas que trabalham honesta com dignidade e cara ter ok um forte abraço

  4. As vezes penso que as mulheres estão como nunca querendo se mostrar nua.Pois isso antes era visto como prosmiscuidade e hoje como moda.um pai que lutou parte de uma vida para se honrar de ver sua filha na universidade, ao ver essa foto ele descobre que poderia ter se esforçado menos e ter feito a satisfação da filha.EU CONFIO NO ENSINO

  5. eu achei isso uma porcaria!!!!!!

  6. Quem ta pelada ae???
    vcs tão vendo d mais…