Sampaist ao vivo: The Evens @ SESC

evens3.JPG

Esse post é uma contribuição do jornalista e fotógrafo Ulisses Barbosa especialmente para o Sampaist.

A banda norte-americana The Evens se apresentou nesta quarta-feira no SESC Vila Mariana, aqui em Sampa. O show é parte da turnê Sul Americana e vai passar até o fim do mês pelo Rio, Curitiba, Londrina e volta a São Paulo para um show grátis.

A primeira metade do duo é Amy Farina tocando bateria e cantando. Amy é mais conhecida por ter sido baterista da banda de post-rock The Warmers. Antes disso a garota havia tocado no Lois e no The All Scars, tudo isso em Washington.

A outra parte é Ian Mackaye, 45, um dois mais influentes nomes da música independente. Mackaye fundou a gravadora Dischord Records, uma das mais importantes e notórias do hardcore mundial.

Como músico, foi líder e vocalista do Minor Threat, do Embrace (US) e do Fugazi, fazendo música que entrou para a história, alterando conceitos e criando movimentos. É dito que Mackaye involuntariamente criou o movimento straight-edge e o movimento emo.

Em sua nova banda formada em 2001, The Evens, Ian e sua esposa Amy fazem rock direto. Não é punk, pois é tranqüilo demais, tampouco é folk afinal é agitado demais. Sem rótulos, The Evens é Rock and Roll.

Durante mais de uma hora e meia de show a dupla apresentou músicas de seus dois trabalhados lançados até agora ’12 Songs’ e ‘Get Evens’. Intercalando músicas e discursos quase-polítcos, Ian falou sobre o entorpecimento promovido pela cultura americana “Em meu país, as pessoas estão como quando vão ao dentista. Você recebe a anestesia, e o dentista vai mexendo e batendo, perguntando se está doendo, e você dizendo que não, que está tudo ok. Mas quando você chega em casa e a anestesia passa, aí sim você vê o estrago que foi feito”.

Alternando os vocais com Amy, Ian brincou com público chamando-o para cantar junto e assobiar. Diferentemente do que eram os shows do Minor Threat e do Fugazi no passado, neste do SESC, todos estavam sentados, e tem sido assim durante a turnê. Competente e coeso, o show foi irretocável.

Ainda há tempo de vê-los ao vivo! No domingo a banda se apresenta de graça no Centro Cultural da Juventude, na vila Nova Cachoeirinha, Zona Norte da cidade. Mais informações no site da prefeitura

Texto e fotos por Ulisses Barbosa. Se você quiser ver um texto seu no Sampaist, entre em contato!



One Response to “Sampaist ao vivo: The Evens @ SESC”

  1. Fui no show deles no Centro Cultural da Juventude, na Vila Nova Cachoeirinha. E foi simplesmente um dos melhores shows que já vi na vida. A voz da Amy é maravilhosa, faz bem para os ouvidos. E a outra parte da banda é O IAN MACKAYE! As músicas são ótimas e o Ian sabe como dizer coisas inteligentes, relevantes, fazer críticas, sem perder o bom humor.
    Destaque tbém para a banda Ordinária Hit, que abriu o show.