Mais um destaque no NYT

bigmoon.jpg

“Rio may have samba and Speedos, but these days it’s São Paulo that is swinging like the hips of the girl from Ipanema”.

A nossa querida São Paulo foi destaque no caderno de viagens do jornal “The New York Times”. Mais uma vez!

A matéria desta semana – São Paulo’s Concrete Jungle – aborda o “lado fashion” da cidade. Logo no primeiro parágrafo, o jornalista Jeffries Blackerby afirma que a cidade passou de uma chata capital das finanças para o “epicentro da cultura brasileira, onde arte, arquitetura, design e fashion estão florescendo”. Ou algo assim…

O mesmo caderno de viagens do NYT já falou positivamente sobre São Paulo em março do ano passado. Apesar de só falarem sobre a elite da cidade – Fasano, Emiliano, Figueira Rubaiyat -, as duas reportagens mostram um lado de Sampa que nem mesmo os seus habitantes estão acostuamados a dar valor.

A leitura é altamente recomendada. Principalmente se você quiser sentir uma ponta de orgulho por ser paulistano (original ou adotado).

Nota de rodapé: a matéria publicada em março foi fundamental para a criação do Sampaist. Foi o empurrão que faltava para que os editores do Gothamist, em NY, topassem criar uma filial na cidade.

A foto é do Flickr do R. Motti.



Comments are closed.