Shubidubauau…

Faichecleres.jpg

Este é o Faichecleres. Banda curitibana que acaba de lançar o segundo álbum, “Na Calçada da Fama”, pela revista Outra Coisa, nas bancas de todo o País. No próximo sábado, 24, os “guris” lançam o novo trabalho em um show no Inferno. No repertório, músicas do primeiro disco “Indecente, Imoral e Sem Vergonha” (2005) e claro, as novas canções.

Giovanni (baixo e voz), Marcos (guitarra e voz) e Tuba (bateria) são os Faichecleres. Em “Na Calçada da Fama”, assumem a paixão pelos Beatles, em “Alice D” , mandam o country “Eu Sei, Foi O Diabo Que Quis Assim” e não perdem a receita do rock ardente em “O Que Eu Bem Entender” . Ainda tem “Bêibê eu só te quero na minha cama”, versão para a música “Love Me Till The Sun Shines” dos Kinks. Um prato cheio.

O Sampaist bateu um papo com Tuba (talvez você já tenha trombado este figura de camisa retro e gravata pela Rua Augusta). Curte aí ;)

O Faichecleres acaba de lançar o segundo CD pela revista Outra Coisa. Como rolou a parceria? E quais as vantagens de ter um CD vendido nas bancas?

Eles já estavam de olho em nós, nos encontramos no VMB e algumas semanas depois eles nos ligaram e falaram: VAMOS LANÇAR? e a gente AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

CEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEERTO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Aí, nos passaram os prazos, nos trancamos no estúdio e deu tudo certo. A vantagem de ter o álbum nas bancas é perfeita, porque além de dar para vender por um preço mais barato do que o das lojas é bem mais acessível para todos e agora temos a oportunidade de ter o nosso álbum no Brasil inteiro.

O que mudou do primeiro CD para esse?

Muita coisa mudou. Evoluímos bastante como banda, como músicos, as canções estão mais trabalhadas, as letras mais diversificadas e a sonoridade está mais ROCK’N'ROLL, mais pesada, mais forte. Os timbres estão bem melhores, mostra uma evolução, até por que achamos que uma banda tem que procurar fazer um disco melhor do que o outro, não dá pra ficar lançando sempre a mesma coisa.

Além de Alice D, vocês vão lançar outros clipes?

Sim, pretendemos fazer todos os clipes que forem possíveis, mas às próximas serão “Desajustado”, “Garotinha da Mamãe”, “Bêibê eu só te quero na minha cama”, “Calçada da fama”, e ai vai….

Alice D é uma homenagem aos Beatles. Fale um pouco dessa música.

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
Essa é uma canção completamente diferente de tudo o que nós já fizemos, é uma das nossas favoritas!!!
É a nossa “OPERETA” a nossa homenagem aos nossos professores, os BEATLES, que nos ensinaram TUDO.
Eu tive a idéia do nome aos 16 anos e deixei guardado, quando chegou a hora começaram a aparecer as idéias e ela fluiu, na verdade é a nossa história beatlemaníaca, quando conhecemos os BEATLES, não queríamos fazer mais nada mesmo!!! Queríamos só escutar BEATLES oito dias por semana, enlouquecer a ponto de ser internados de tão viciados. Quando começamos a trabalhar nela cada um contribuiu com uma parte, foi um “trabalho em equipe” muito prazeroso.

Como foi o processo de gravação do disco? Alguma música ficou de fora do CD?

Então, quando o pessoal da revista entrou em contato com nós, tínhamos apenas 6 canções prontas. Imediatamente nos trancamos no estúdio por 1 semana e fechamos as outras 6. Sim, algumas ficaram de fora, até por que não tivemos tempo. Depois de concluído, fizemos um show em São Paulo, outro em Curitiba e depois fomos direto para o Audio Beltrão, mesmo estúdio em que gravamos o INDECENTE, IMORAL & SEM VERGONHA, mas em uma sala bem maior. Usamos microfones diferentes e uma captação de áudio de forma que pudéssemos trabalhar mais com ambiência. Só saímos do estúdio para tirar as fotos pra revista e depois quando acabou, gravamos tudo em 20 dias.

O que os fãs podem esperar do show de lançamento no Inferno?

ROCK’N'ROLL!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Estamos com um show novo, canções novas, aparelhagem nova, uma equipe, os show da turnê CALÇADA DA FAMA estão bem mais profissionais. Quem for ao lançamento sábado no INFERNO já vai sentir a diferença.


faiche.jpg Quais os planos do Faichecleres para 2007?

Bom, os nossos planos é cair na estrada, tocar no Brasil inteiro, divulgar o disco na mídia e começar a gravar o “terceiro” álbum.

Essa é especialmente para o Tuba. Mulheres: paulistanas ou gaúchas?

As mulheres brasileiras são as melhores do mundo, sejam elas Paulistanas, Gaúchas, Cariocas, Mineiras, Baianas, TODAS SÃO MARAVILHOSAS.

Que música te faz lembrar São Paulo?

SOB O CÉU DE SÃO PAULO da banda “Laboratório SP”

Vocês estão morando em São Paulo a quanto tempo? Qual a vantagem para a banda estar aqui?

Estamos morando por aqui já faz 1 ano e meio. A vantagem é que os veículos de comunicação mais importantes do Brasil estão aqui, então se tu está aqui tu está automaticamente no país inteiro. Sem falar que a resposta para o teu trabalho é imediata, tudo acontece muito rápido, a cidade não pára. É como se fosse uma roda que gira muito rápido, e se tu entra nessa roda tu começa a girar junto e as coisas vão acontecendo. Para nós que gostamos de trabalhar é perfeito, o resultado é mais preciso e dinâmico. Sem falar que a cidade te proporciona fazer tudo o que tu quiseres na hora que quiseres e do jeito que quiseres!

O Faichecleres é uma banda de Curitiba, formado por dois gaúchos e um catarinense, certo? A cena para o rock independente é melhor em São Paulo ou Curitiba?

Em São Paulo como disse na resposta anterior tudo é mais rápido, as coisas acontecem, a mídia é muito forte. mas em Curitiba eu sinto que está caminhando para isso, pois a qualidade e quantidade não só de bandas mas como artistas em geral é muito boa. Em todos os campos da arte tu encontra muito talento, eu acho que um dos principais problemas de Curitiba seja a mídia que é FRACA, mas em relação a qualidade dos artistas em geral o nível é MUITO ALTO!

Quem não conhece Faichecleres, por qual música começar?

Por qualquer uma.

Fale um pouco das influências musicais de vocês.

As nossas influências estão basicamente cravadas no Rock’n'roll americano dos anos 50, nas tendências inovadoras do Rock’n'roll britânico dos anos 60, na porrada dos anos 70, na Jovem Guarda brasileira e no Rock gaúcho dos anos 80.

Vocês pretendem lançar o Na Calçada da Fama em vinil?

Com certeza, essa é a próxima prioridade, vamos lançar o CALÇADA DA FAMA em vinil e logo em seguida uma outra tiragem do INDECENTE, IMORAL e SEM VERGONHA.

Veja clipes so Faichecleres

Ouça “Na Calçada da Fama”

Ouça “Indecente, Imoral e Sem Vergonha”



2 Responses to “Shubidubauau…”

  1. Ei, em Curitiba não tem guris, tem piás ;-)

  2. Sua entrevista é sonora! Se o som dos caras tiver a mesma levada dos seus verbos é certo que serei fã!