Yes, nós temos estrelas!

estrela.jpg

Esse post foi sugerido pelo arquiteto de iluminação Rafael Leão. Se você quiser enviar um texto sobre o que acontece na cidade de São Paulo ao Sampaist, basta entrar em contato!

Desde que veio de Londrina para São Paulo, o arquiteto se incomoda com a falta de estrelas no céu da cidade. Foi pensando nisso que o Rafael escreveu um email interessante ao Sampaist, com a pergunta:

“Vocês já repararam que as estrelas estão de volta no céu de SP?”.

É melhor deixar que ele mesmo explique: “Trata-se da nova lei que proíbe os anúncios nos topos e laterais de prédios da cidade. Sem os anúncios, as luminárias ficam desligadas.”

Segundo ele, seria essa a seqüência de eventos: “quanto menos luz destes anúncios = menor a poluição luminosa na cidade = menor a concorrência para nossa adaptação visual com a luz urbana = maior é a dilatação da pupila para adaptar-se a índices menores de luminosidade = maior a sensibilidade a brilhos menos intensos = estrelas de volta ao céu!”

O arquiteto diz que os paulistanos estavam adaptados aos altos índices de luminosidade, além de já terem se acostumado com as nuvens pintadas de amarelo e os prédios iluminados na paisagem. “O desvio de luz que havia antes era monstruoso, e devido a uma solução mal resolvida de iluminação de alguns anúncios (feita de baixo para cima) a luz era projetada na publicidade e também para o além”, diz ele.

hotel1a.JPGEle nos enviou duas fotos exemplificando o que se chama de “iluminação irresponsável”.

“Nesta foto de 2006 do Hotel Renaissaince, dá para ver que as luminárias utilizadas são de alta intensidade, projetando uma parte da luz para a fachada, e a maior parte para o além. Ainda sobre a foto, ele pede para que se preste atenção no “recorte do prédio nas nuvens”.

editalia3a.JPGJá nesta foto do Edifício Itália, ele observa que “o desvio de luz é tão grande que até os prédios do outro lado da rua são iluminados!”

“Este efeito de luz no céu, que ilumina as nuvens, é o que nós podemos ver à distância quando estamos fora da cidade. Em inglês chama-se “sky glow” (leia mais) e creio que não há tradução exata para o português… mas eu chamo isso de “domo de luz”. É o resultado da poluição luminosa proveniente da iluminação de publicidade, iluminação de fachadas mal dimensionadas, luminárias ruins, etc.”

Em vários municípios americanos há leis que limitam a intensidade máxima para iluminação de topos de prédios.

Enquanto isso, em São Paulo…:

A propaganda nas ruas passou a ser ilegal desde a lei aprovada em setembro de 2006 pelo prefeito Gilberto Kassab (PFL). Seguindo a Lei, a Prefeitura já retirou da cidade 554 outdoors irregulares.

No entanto, o jornal Folha de São Paulo publicou ontem uma matéria sobre a Flickr da Tatiana Sapateiro. As fotos enviadas pelo Rafael foram redimensionadas para o post. Para visualizar as fotos originais, visite nosso Flickr.



2 Responses to “Yes, nós temos estrelas!”

  1. Uma das minhas matérias preferidas do Sampaist até hoje. Parabéns!

  2. ww.tvhd.com.br

    Em menus de 1 minuto você estará assistindo de graça canais de TV por assinatura em seu PC, Filmes, Desenho, Jogos PFC, Series e muito mais
    Acesse http://www.tvhd.com.br
    e divirta-se com a mais nova tecnologia da TV digital
    Aqui você encontra de tudo