Notícias da Cratera – Parte X

cratera%201.jpg

Ao que tudo indica, os moradores das ruas Capri, Gilberto Sabino e Conselheiro Pereira Pinto não devem voltar para suas casas. A região será desapropriada.

Enquanto Prefeitura e Consórcio Via Amarela (responsável pela obra) decidem quem vai arcar com o prejuízo, os donos dos imóveis prejudicados ficam no aguardo para receber o dinheiro e pensar em um novo local para morar.

Cerca de duzentas pessoas tiveram que deixar suas residências e estão temporariamente instalados em hotéis da cidade.

Um mês depois, o Via Amarela entrou em acordo com 7 inquilinos. Até agora estão sendo oferecidos 40 salários mínimos para cada morador.

Foto do Flickr do Sampaist



Comments are closed.