Corpo Humano: real e fascinante

corpohumano.jpg

A única coisa que o ser humano carrega desde seu nascimento até a sua morte, é o corpo.

UPDATE: fomos à abertura e publicamos uma galeria de fotos. Clique aqui para ver!!!

A polêmica mostra “Corpo Humano: real e fascinante” chega a São Paulo no dia 28 deste mês. A exposição chega ao Brasil após passar pela Inglaterra, Coréia do Sul e México, além de atualmente contar com exibições paralelas nos Estados Unidos e Holanda.

Sabe o que causa polêmica? A mostra recorre a 16 corpos e 225 órgãos verdadeiros para revelar – em todos os seus aspectos – o funcionamento do corpo humano e seus sistemas. Além disso, os visitantes poderão tocar em orgãos internos reais, como o estômago, intestino, coração e etc!

“A exposição é inspiradora ao renovar o exercício do auto-conhecimento e oferecer a chance de compreendermos melhor nossa existência, para reeducar nossos próprios hábitos”, ressalta Fernando Alterio, presidente da CIE Brasil. .

Todos os corpos e órgãos exibidos são de indivíduos acometidos de morte natural, que optaram por participar de um programa de doação de seus próprios corpos em benefício da ciência e da educação, realizado pela República Popular da China.

A exposição na Oca do Ibirapuera começa no dia 28 para convidados e no dia 1º de março para o público. Os ingressos custarão R$ 30 (R$ 15 meia) e não foi informado até quando ela fica em cartaz.

Clique aqui para ver mais fotos na galeria do Último Segundo.



3 Responses to “Corpo Humano: real e fascinante”

  1. Sempre tive muita vontade de ver essa exposição, mesmo sabendo dos rumores do “voluntarismo” do programa de doação de corpos na China, alguns com um furo de bala na cabeça, ao melhor estilo execução. Esse é o Dr.Gunther von Hagens…

  2. A exposiçao fica em cartaz até 29/julho. Qto à origem dos corpos, posso afirmar que são proveniente de indigentes(corpos não reclamados) e de pessoas que em vida deixaram um termo de doação para o programa de estudos.
    A diferença entre o trabalho do Dr. Gunther von Hagens e Dr. Roy Glover é que o primeiro tem um propósito mais voltado à arte e o programa do Dr. Glover tem finalidade educativa.
    Sou supervisora dos educadores/monitores da mostra e temos na equipe fisioterapeutas, medicos anatomistas para esclarecimento das dúvidas dos visitantes.
    A parte disso, a exposição é tocante e provoca muitas reflexões!!!!

  3. Tenho vontate de participar de um evento deste tipo, deve ser bastante informativo e interessante