Tesouros do Senhor de Sipán na Pinacoteca

sipan.jpg Para quem não debandou da cidade nesse tempo de festas e está querendo aproveitar o sossego em bons lugares, aproveitem o último suspiro da exposição Tesouros do Senhor de Sipán – O Esplendor da Cultura Mochica na Pinacoteca do Estado.

São mais ou menos 300 artefatos da América Indígena (Peru), encontradas pelo arqueólogo Walter Alvan – que é o curador da mostra – em 1987. Todas as peças vieram do Museu de Tumbas Reais de Sipán e de uma coleção particular de um brasileiro que preferiu não se identificar (será um caso de mercado paralelo de relíquias saqueadas?).

Por citar saques, foram eles que levaram Alvan a encontrar a localização e o conteúdo da tumba.

Segundo informações do site Overmundo, após ser alertado pelas autoridades peruanas da presença de saqueadores, ele foi examinar um túmulo em Lambayeque, norte do Peru, e ali se deparou com um tesouro de enorme riqueza para a humanidade, considerado pela National Geographic como “o túmulo mais rico do novo mundo”. Tratava-se da tumba de Sipán, um governante dos Mochicas, povo que viveu na região entre os séculos I e VII, aproximadamente um milênio antes do estabelecimento dos incas. Para muitos especialistas, esse feito é comparável à descoberta das ruínas do faraó Tutankamon.

O Instituto Nacional de Cultura do Peru e a Casa de Cultura Peruana de São Paulo apóiam e dão suporte à exposição. A disposição está ótima, o espaço convidativo, as peças – jóias, cerâmicas, indumentárias, máscaras, armaduras, peças de ourivesaria, pedras semipreciosas, manequins com vestes do período e uma reconstituição do túmulo do Senhor de Sipán como foi encontrado – são incríveis e há muita informação disponível. E não esqueçamos do ar-condicionado e do saboroso Café da Pinacoteca!

No mais, fique atento às “férias coletivas” dos museus e espaços culturais. Clique aqui e veja os dias em que a arte estará em recesso, para não dar com a cara na porta!

Tesouros do Senhor de Sipán – O esplendor da cultura mochica // Terça a domingo, das 10 às 18h // Pinacoteca do Estado de São Paulo, Praça da Luz, 2 // R$ 4 e R$ 2 (meia); grátis aos sábados // Tel.: 3229-9844

A foto de uma orelheira é do UOL, Diversão e Arte.



Comments are closed.