Ale Blanco e o mundo dos sabores

comidinhas.jpg
Ale Blanco, blogueira do apetitoso Comidinhas, é uma apaixonada por sabores e vai contribuir com o Sampaist em posts ocasionais sobre o “sabor da cidade”.

Fomos falar com ela sobre os aromas, cores e gostos de São Paulo, para uma apresentação “formal” antes do primeiro post.

Não se assustem com a cara de brava e o cargo de comando, porque atrás desse perfil “Margareth Thatcher”, bem perto da superfície, fervilha uma mulher com alma de moleca, ligada em tudo, elétrica e de sorriso gostoso, que dança toda espevitada ao som das pick ups de seu marido (uma das condições mais fortes para não nos rasgarmos em elogios à sua beleza, que é muita e notória).

Bom apetite!

Quem é e a que veio Alessandra Blanco?
Sou jornalista, gerente de conteúdo do iG, viciada em seriados de TV e mais maluca ainda por assuntos gastronômicos. Vim para alimentar e me alimentar.

De onde veio a paixão por gastronomia?
Da bisnona, da nona, das tardes fazendo massa de pão e pizza com a mãe.

São Paulo é doce, salgada, azeda, adstringente…?
Ah, São Paulo é uma mistura de tudo. Por que escolher se cada um deles é bom do seu jeito?

Qual a melhor bebida para brindar a cidade?
Dry martini, do Terraço Itália, o melhor drinque da cidade, com uma vista incrível e um lugar que pode ser cafona, mas tem o seu charme.

Um lugar para piquenique? Um lugar para um jantar de gala?
O parque do Ibirapuera, fiz vários piqueniques (fugindo no meio do trabalho) lá quando comecei a namorar com o meu marido. Um jantar de gala? Não tenho muitos desses e acho chato.
Ale.jpg
Onde comer bem com 5, 50 e 500 reais?
5 – hambúrguer do seu Osvaldo, no Ipiranga
50 – Ritz, sempre bom
500 – o menu degustação do D.O.M.

Qual lugar na cidade abre o apetite? E qual tira totalmente a fome?
Abre meu apetite a padaria Big Bread, do Ipiranga.
Tirar a fome? Difícil…. tenho vontade de experimentar até o churrasquinho de grego da avenida São João.

Aperitivos abrem ou estragam o apetite?
Abrem, abrem, abrem. Nada melhor que drinques e pãezinhos antes do jantar.

O que cozinhar a dois?
Espaguete, como a Dama e o Vagabundo.

Onde comprar ingredientes de primeira?
No Ceagesp, delícia, sempre compro mais o que devia. A bagunça, as cores, os cheiros, as variedades e o barulho são maravilhosos.

O que na cidade está verde, o que está maduro e o que já apodreceu?
Os parques estão super verdes nessa época do ano, perfeitos para caminhadas, piqueniques, sorvetes ou só namorar;
Maduro: os restaurantes, cada dia melhores;
Já apodreceu: o trânsito e a violência.

Qual restaurante conhecer antes de morrer?
O maior número deles possível, do PF ao 3 estrelas.



One Response to “Ale Blanco e o mundo dos sabores”

  1. hummm….bem que ela podia revelar os segredos de algumas receitas. Adorei a foto.