Dia de samba

samba.jpg
Chora cavaco! Dia 02 de Dezembro é o Dia Nacional do Samba. E São Paulo tem tudo a ver com o gênero tão brasileiro.

É dia de homenagear Cartola, Zeca Bagodinho, Nelson Cavaquinho, Demônios da Garôa, Bezerra da Silva, Pixinguinha, João Nogueira, Martinho da Vila, Dorival Caymmi, Ary Barroso, Jamelão, Clara Nunes e tantos outros nomes, paulistanos ou não, que fizeram nossa história.

O Sampaist selecionou alguns bares que se dedicam ao estilo musical. Confira os melhores lugares após o clique. Aproveite o sábado do dia 02 e caia no samba!

Foto: Flickr do Mantelli


Traço de União – Samba de raiz é no Traço. Aos sábados, a feijoada com samba começa às 14h. Cerveja de garrafa gelada garantida e muitos petiscos, como o delicioso pastlezinho de carne. Dica: Chegue cedo para fugir das filas.

Rua Cláudio Soares, 73 – Pinheiros // Telefone: 3031-8065 / 3816-7693 // Horário: Quinta, às 22h e Sábados, às 14h.

Bar Mangueira – O bar fica em frente ao Traço de União. É uma homenagem à escola de samba Estação Primeira de Mangueira, ou seja, não falta verde e rosa na decoração da casa. Grupos ao vivo lembram os mestres do samba, como Cartola.

Rua Cláudio Soares, 124 // Telefone: 3034-1085 // Horário: Quinta, às 21h30; Sexta, às 20h; Sábado às 13h; Domingo, às 18h30.

Ó do Borogodó – Apesar de pequeno, o Ó do Borogodó virou ponto de encontro de muito paulistano. Quem vai a primeira vez, quer logo voltar. A cerveja é barata e tem muito chorinho, para quem gosta.

Rua Horácio Lane, 21 – Pinheiros // Telefone: 3814-4087 // Horário: De Segunda à sexta, às 22h; Sábado, às 15h; Domingo, às 19h.

Bar Samba - É o preferido de muita gente. Primeiro, porque os grupos de samba que tocam ao vivo são de primeira. Segundo, porque a feijoada é deliciosa (também aos sábados). Terceiro: o ambiente é muito agradável e fica na Vila Madalena.

Rua Fidalga, 308 – Vila Madalena // Telefone: 3816-4619.

Praça Benedito Calixto – Aos sábados, à partir das 16h, a velha guarda do samba costuma-se reunir para tocar samba-samba, sabe?. Ainda dá para aproveitar a feirinha, os bons bares e restaurantes.

Se preferir, você ainda pode visitar alguma quadra de escola de samba da cidade.

O Sampaist quer saber: qual o lugar ideal para ouvir samba em São Paulo?



One Response to “Dia de samba”

  1. Benedito Calixto, certeeeza! Pelo samba, pelo clima, pelo lugar…parece um pedacinho de outro mundo fincado em Sampa aos sábados.