Unidos jamais serão vencidos (a gente espera)

mani1.jpg

Em comum desarcordo com o aumento da tarifa de ônibus, trens e metrôs, a CUT, Força Sindical, UNE e a CGT (Confederação Geral dos Trabalhadores), entre outras instituições, organizaram, na manhã desta quarta-feira, mais uma manifestação. O encontro, que aconteceu na frente do Theatro Municipal, reuniu centenas de pessoas e, claro, a tropa da Polícia Militar.

Outras questões não menos importantes também foram abordadas durante a passeata. O aumento do salário mínimo de R$350,00 para R$420,00, por exemplo, foi uma das mudanças reinvidicada pelos manifestantes.

Cerca de 20 milhões de cópias do manifesto foram impressas pelas organizações. O documento será distribuído pelas ruas até o dia 06 de dezembro, quando acontece, em Brasília, a 3ª Marcha Nacional do Salário Mínimo.

mani2.jpg



Comments are closed.