Avião cai em São Paulo

Um avião caiu e pegou fogo em São Paulo neste domingo! Calma, tudo não passou de uma simulação organizada pela Secretaria da Saúde para treinar os serviços de salvamento em caso de emergências.

Uma “aeronave” oca de 26 metros foi içada por um guindaste e, por meio de uma corda, simulou a queda em uma cidade cenográfica, montada no Clube da Telesp, na Barra Funda. Se fosse real, a aeronave teria capacidade para 25 pessoas.

A simulação da queda envolveu muito fogo e pirotecnia. Na descida, o avião colidiu com um posto de combustível, o que causou fortes explosões. Quem esteve no local ou passou pelas proximidades certamente se surpreendeu com o realismo das cenas, que contou com a colaboração da Escola de Samba Rosas de Ouro, responsável por construir a réplica do avião.

Continue lendo sobre o resgate após o clique e veja a galeria de fotos no G1.


As “vítimas” exibiam diversos níveis diferentes de ferimentos, que iam desde pequenos cortes até fraturas e vísceras expostas. Que beleza, não? A caracterização das pessoas foi feita por maquiadores profissionais, especialistas em ferimentos e muito sangue.

No final das contas, a simulação deixou um saldo de 125 feridos e um número ainda indefinido de mortos. As “vítimas” foram encaminhadas de verdade para diversos hospitais da região para dar mais realismo ao resgate.

Bom saber que as autoridades se preparam para esse tipo de acidente. O problema é que se uma tragédia realmente acontece, ela não será agendada e não será em um ambiente construído para o resgate…



Comments are closed.