Gente sem casa

moradorderua.jpg

Desde domingo à noite, integrantes da União dos Movimentos de Moradia estão em frente ao prédio da Prefeitura de São Paulo para discutir a paralisação de projetos de habitação em São Paulo.

Os manifestantes esperam ser recebidos por algum representante do Governo para discutir o assunto.

Da Folha Online:

De acordo com a UMM, a prefeitura realizou cortes de verba do Fundo Municipal de Habitação e até o fim de outubro havia liberado apenas 21,33% dos recursos previstos para o ano de 2006. Para os mutirões, 11,10% foram liberados no mesmo período, de acordo com a entidade

Se não houver acordo, a UMM já avisou que irá invadir prédios públicos e terrenos abandonados, a maioria deles no centro da cidade.

Foto do Flickr Casa de Charo



Comments are closed.