Fim (ou quase) da greve dos bancos

Depois das três assembléias de hoje, parte dos bancários de São Paulo resolveu voltar ao trabalho.

Mas não todos. Os funcionários de bancos privados e da Nossa Caixa terminaram a greve depois de aceitar a proposta de reajuste feita pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), de 3,5%, mais Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de 80%, mais R$ 828 e abono salarial que varia de R$ 1.000 a R$ 1.500.

Já os bancários do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal recusaram a proposta e seguem no protesto.

Se você não é correntista desses dois bancos, vá tranqüilo para a fila amanhã.



Comments are closed.