Museus irmãos

museu.jpg
O secretário de Estado da Cultura, João Batista de Andrade, em nome do Museu da Língua Portuguesa, e o diretor presidente do Museu Nacional da Imprensa da Cidade do Porto, em Portugal, o jornalista e professor Luis Humberto Marcos, assinaram um termo de parceria com o objetivo de realizar futuras ações conjuntas entre os dois Museus. Foi o primeiro acordo internacional firmado pela instituição paulistana.

O Museu Nacional da Imprensa foi criado em 1997 e vem se destacando no cenário português como importante espaço cultural e de preservação da história da imprensa, além de manter uma série de publicações importantes.

Antonio Carlos de Moraes Sartini, diretor-executivo do Museu da Língua Portuguesa, afirma que a parceria deverá render frutos já no próximo ano.

Está prevista a realização de projetos conjuntos como exposições, seminários, palestras, além da vinda de uma exposição sobre o grande escritor português José Saramago, montada pelo museu português.

Sabemos que os órgãos de imprensa são importantes divulgadores da nossa língua e de nossa história. Neste sentido, um acordo assim certamente renderá importantes ações culturais, já que as nossas histórias, do Brasil e de Portugal, têm profundos elos, tanto na língua como nos acontecimentos marcantes, diz Sartini.



One Response to “Museus irmãos”

  1. Acho fantástica essa iniciativa do Museu da Língua Portuguesa e o Museu Nacional da Imprensa, de Portugal.

    Já conheci o Museu da Língua Portuguesa, me lembro que foi uma das melhores experiências que tive ai na grande cidade. O filme que passou no auditório, foi extremamente emocionante, e até hoje ecoam nas minhas lembranças, as palavras de Drummond, narradas por alguma voz emocionante: “Penetre surdamente no reino das palavras”.