Ele não é paulista, mas bem que poderia ser

halsey.jpg

Simples. Assim são as obras de Kurt Halsey, artista norte-americano, conhecido mundialmente por suas ilustrações introspectivas.

Cores escuras, frases curtas, mas de efeito, e muita criatividade são características de Halsey, que por onde passa arranca suspiros dos mais intimistas.

Temas urbanos e atuais são frequentemente retratados em seus quadros, fato que o torna um dos mais “bem cotados” artistas cool do momento.

Música também serve de matéria-prima para o rapaz, que usa e abusa das mais diversas referências em seus trabalhos.

A delicadeza com que aborda os dilemas modernos são mais do que caráter distintivo, ou seja, um dos grandes atrativos de suas ilustrações é a facilidade com que quem admira se identifica com suas obras.

E Halsey acumula uma lista considerável de fãs. É muito comum encontrar em blogs brasileiros desenhos do autor; outro dado relevante é a quantidade de integrantes que possui sua comunidade no Orkut, conhecida rede de relacionamentos: cerca de 225 pessoas compartilham do gosto pelo artista e trocam informação a respeito no fórum de discussões que, diga-se de passagem, sempre tem um post fresquinho.

Mas há quem prefira marcar na pele os sentimentos perturbadores sempre presentes em suas ilustrações. É comum encontrar tatuagens baseadas – e por que não dizer copiadas – em suas obras.

Quem se interessar por adquirir mais informações de Halsey, pode acessar o site oficial. Lá, os mais fanáticos, podem comprar pôsteres, bottons, esculturas, camisetas e até bolsas. O sistema de billing (faturamento) é feito pelo Pay Pal, o que garante uma certa tranqüilidade no momento da transação. Além de uma interface simples, o sistema é seguro e o produto chega intacto (experiência própria).

Atualmente alguns de seus originais estão expostos na Youngblood Gallery, Atlanta, Georgia, Estados Unidos. Até o dia 27 de agosto quem quiser conferir, basta dar uma passadinha no local.

Não seria nada mal se algum curador bacana – e paulista – se interessasse em trazer para abaixo do Equador alguns de seus trabalhos. Público, pelo que podemos perceber, não faltaria para prestigiar suas obras.

Emo?!?*

Kurt Halsey é EMO? 18/07/2006 17:53
Alguém já percebeu que os desenhos de Halsey são característicos de Emos?…Não estou chamando os adoradores dos desenhos de Halsey, de emos…Apenas estou dizendo que muitos identificam os desenhos de Halsey, como um desenho de Emo…Mesmo modo que muitos vêem uma caveira e os estipulam para metaleiros, ou coisa parecida….Será que há, alguma verdadeira relação entre os desenhos de Halsey e os Emos? – Post retirado do fórum de discussão da comunidade Kurt Halsey do Orkut

* Nota do blogueiro: Era só o que faltava, né?

Imagem//Crédito: Kurt Halsey – Divulgação



3 Responses to “Ele não é paulista, mas bem que poderia ser”

  1. Eu sou super fã. Seus desenhos são lindos. Adorei esse post…e olha, se formos seguir a cartilha “como-ser-emo-em-10-lições”, ele está dentro, viu? :-)

  2. Ahá! Até aqui já descobriram q vc é Emo, Renata… :P

  3. bom trabalho!