Sampa para Saudosistas

tabajara1.jpg

A “banda da semana” não é exatamente uma banda. Nem é de rock, como de costume. Mas leva muita gente às raras apresentações e faz todo mundo dançar.

Hoje, Sampaist reverencia a terceira idade! E logicamente, os bailes antigos, as danças de salão, os clássicos de Frank Sinatra e a peruquinha lilás de Ray Conniff (sabe qual é a música inicial desse site? “Pápápá. Pápápápáááápá” – “Besame mucho”, claro).

Quem ainda tem a sorte de ter um avozinho em casa, sabe bem do que estamos falando: Orquestras. Aquela tradicional trilha sonora de festas de família e almoços de domingo.

A “banda” de hoje é a Orquestra Tabajara, que tem…72 anos! O famoso maestro e mentor, Severino Araujo, tem 89 anos e está na turma há 68 anos e anda mais ativo que nunca!

Tudo bem que para os mais jovens o nome “Tabajara” tenha ficado com uma conotação irônica e pejorativa, mas para os de idade “mais avançada”, o nome é sinônimo de festa, glamour e rosto colado.

Criada em 1934 lá em João Pessoa, acabou se tornando a orquestra de música popular mais importante do Brasil, além de ser uma das mais antigas em atividade no mundo!

Diferentemente de outras orquestras da época, que se dedicavam ao “bailão” tradicional de muita valsa no pé, Severino resolveu inovar e se destacou com uma mistura de ritmos: mesclou a sonoridade das big bands americanas de jazz com muita música brasileira. Ao mesmo tempo que espalhava o suíngue americano por todo o país, eles popularizavam ritmos nordestinos até então desconhecidos no sul e sudeste do Brasil.

E dos palcos para o rádio, dos rádios para a TV, e agora, documentário!

O documentário “Orquestra Tabajara”, do cineasta Antonio Ernesto Martins, será lançado em DVD nesse final de semana em São Paulo.O lançamento acompanha os shows “dos Tabajaras” na cidade! A narrativa é centrada na trajetória da família Araújo: Severino e quatro de seus irmãos.

Em entrevista para o site UOL, Severino disse:

“A Tabajara sempre foi a melhor orquestra do país, sabe por quê? Por causa da sonoridade, do repertório especial, com samba, música americana, bolero, música cubana. Pra você ter uma orquestra boa, precisa de três elementos: bons músicos, bons arranjos e bons regentes. E a Tabajara reúne isso tudo.”

Quando a reportagem perguntou sobre o as “Organizações Tabajara”, ele respondeu: “‘Casseta e Planeta’? Não conheço essa banda, não.”

Faça uma surpresa (e uma boa ação) aos representantes da terceira idade da sua família! Os Tabajaras se apresentam hoje e amanhã no SESC Pompéia!

Dicas de um eufórico Vovô Sampaist:
* Veja trailer do documentário!
* Ouças os cds “Tabajara Visita Sinatra” e “Tabajara Plays Jobim”.

Foto do Flickr de Jose Barrera

Orquestra Tabajara // SESC Pompéia: rua Clélia, 93 // 25 e 26 de setembro, às 21h // de R$ 8 a R$ 20 // Shows são antecedidos pela exibição do documentário “Orquestra Tabajara” (53 min.) // Info.: (11) 3871-7700



2 Responses to “Sampa para Saudosistas”

  1. …já vi os ‘moços’ no cartola há alguns anos. fantástico!

  2. demais *)
    acho que vou dar uma passada no Sesc e conferir.
    Ótima dica.