Gabba Gabba Hey: a missão

danny_marky.jpg
Sampaist foi conferir o show do Peruca, quer dizer, do Marky Ramone, neste fim de semana. Seguimos o passo a passo sugerido aqui mesmo no blog para curtir a apresentação do único Ramone vivo: o all star mais velho no pé, camiseta do Ramones e dispostos a dançar. De quebra, ainda demos uma passadinha no camarim para dizer um “hi!” para Marky.

O Via Funchal, casa em que rolou a apresentação, não ficou cheia. Tinha espaço de sobra para ensaiar passinhos punk durante as músicas.

A abertura ficou por conta do Tequila Baby, que depois acompanharia o baterista Marky Ramone. O grupo brasileiro tocou músicas próprias e tinham alguns fãs espalhados pelo público.

Depois dos brasileiros, foi a vez do trio americano The Queers subir ao palco. O grupo não empolgou a galera, que foi mesmo para ver Marky.

E Marky entrou no palco com gritos de “Hey Ho, Let’s Go!”. Abriu o show com Rockway Beach, para apavorar. Antes de cada música, o baterista anunciava a próxima canção. Após tocar Pet Sematary, o senhor Marky anuncia novamente no microfone: “Agora, Pet Sematary”. O público inteiro olhava um para cara do outro: “mas ele acabou de tocar pet Sematary!”. Que fora, heim Marky?. A risada rolou solta pelo Via Funchal. Ele percebeu o engano e continuou o show…

Ainda vieram “I believe in Miracles”, “Havanna Affair”, “I Wanna Be Sedated”, “Sheena is a Punk Rocker”, “Beat on the brat”, “53rd & 3rd”, “The kkk Took My Baby Away, “Today Your Love Tomorrow the World” e por aí vai.

Ih, você não foi ao show? Perdeu, la la lá!

Depois do show, o Sampaist ainda foi convidado para dar um alô ao Marky no camarim. Algumas pessoas estavam por lá, fãs tirando fotos, imprensa, muita bebida de graça e claro, ele, Peruca! Calado, atendeu a todos e só se esforçou para dizer alguns “Thanks” e balançar a cabeça.

Quem protagoniza nossa foto é o amigo Danny Poison, guitarrista do Bastardz.

Se você perdeu o show, dá uma conferida em uma apresentação do Marky Ramone com o Tequila Baby, em Porto Alegre, AQUI.



4 Responses to “Gabba Gabba Hey: a missão”

  1. E aí, Fê! Que delícia, hen? Quando vi a foto fiquei em dúvida se era ele mesmo ou se era tipo um boneco do Madame Tussaud Punk. ;-)

  2. Confesso que fiquei na dúvida se ele não era um boneco… hahaha

  3. Eu achei que era uma das filhas da Baby do Brasil.

  4. Uhu!!! I Wanna Be Sedated…lá, lá, lá ;-)