Final de Semana Diet

animais-.jpg Complementando nosso acesso repentino de vegetarianismo, um final de semana daqueles para quem passa longe dos rodízios!

Começa hoje e vai até o dia 08 de agosto, o 1º Congresso Vegetariano Brasileiro e Latino-americano. O evento contará com dezenas de palestras e oficinas, além de uma feira com produtos sem origem animal. Palestrantes nacionais e internacionais irão falar sobre a nutrição vegetariana (haverá demonstrações culinárias com chefs famosos) e a fundamentação ética, filosófica e religiosa do vegetarianismo.

No domingo, uma pausa no Congresso para o já tradicional festival “vegan-core” Verdurada (sensacional esse nome). O coletivo Verdurada completa 10 anos em novembro, celebrando o vegetarianismo com muita música (pesada) e comida (leve).

O aclamado documentário “Earthlings”, dirigido por Shaun Monson e narrado por Joaquin Phoenix, será exibido durante o Verdurada, no intervalo entre as bandas. O vídeo apresenta argumentos em defesa da causa animal: “Diferente da maioria dos documentários do gênero, este exibe imagens nunca vistas antes, apresentando a relação de dependência econômica que existe entre o uso de produtos de origem animal e nossa sociedade atual.” Earthlings é exibido pela primeira vez no Brasil, com legendas em português.

No email de divigulgação do Verdurada, um asterisco em destaque chama a atenção. Ele diz: “*Por favor, sem cigarros e sem álcool dentro do local.” Se parece difícil separar a trinca rock-cigarro-bebida em bares, imagine em um festival?

verdurada8sb.jpg Conversamos com Daniela Madureira, uma das organizadoras do Verdurada. Para sair do clichê “punks do bem”, pedimos para que ela nos falasse um pouco mais sobre a filsofia do grupo:

Coletivo Verdurada: “O coletivo é formado horizontalmente, ou seja, não há hierarquia. Todos trabalham juntos e não tem funções pré-determinadas. Normalmente a mídia fala da Verdurada como se fosse um simples encontro de vegetarianos, sem falar das palestras, vídeos, as questões políticas e sociais que tentamos levantar… O “faça-você-mesmo” pode dar certo, basta você querer e se organizar. Divulgamos idéias divergentes de bandas, coletivos, pensadores… já levamos um coletivo de intervenção urbana, professores punks, palestrantes de vegetarianismo e libertação animal, etc.”

Filosofia “Vegan” (os ‘veganos’ não consomem qualquer produto de origem animal, nem usam produtos que tenham sido testados em animais. Alguns exemplos: mel, ovos, lã, seda, cera de abelha, própolis, etc): “A maioria absoluta dos membros do coletivo é vegan. Não é essencial, mas achamos importante pensar e lutar pela libertação animal. Quando você começa a tomar contato com as informações sobre a indústria de produtos animais e experimentos inúteis em laboratório, eu acho que se torna meio hipócrita e egoísta continuar agindo como se nada estivesse acontecendo.”

Nada de cigarro e bebida mesmo? “A maioria respeita, mas tem sempre um ou outro que não. Estes são convidados a se retirar para fumar ou beber lá fora, e dizemos que podem voltar depois quando acabarem (cada pessoa recebe uma pulseirinha que permite entrar e sair na hora que quiser)”

Lucro: “É destinado a ações para divulgar assuntos de interesse do Coletivo, como vegetarianismo, e questões políticas e sociais. Ajudamos outros coletivos que lutam por estas causas também. Ninguém do Coletivo recebe nada do dinheiro.”

No dia 7, de volta ao Congresso, um desfile de moda com roupas, calçados e acessórios confeccionados sem componentes de origem animal, pretende chamar a atenção e propor o consumo ético, o comércio justo e o respeito.

Congresso Vegetariano // Memorial da América Latina // de 4 a 8 de agosto // visite o site para maiores informações

Verdurada // 6 de Agosto, Domingo // Rua Anita Costa, 155. Ao lado do Metrô Jabaquara // Entrada: R$6 // a partir das 17hs // às 22:30 será servido o jantar vegano // clique aqui para saber sobre as bandas do festival.



Comments are closed.