Peixe é Amigo!

vege2.jpg Nós do Sampaist não somos exatamente super fãs de folhas na mesa. Apreciamos um bom petisco de boteco (a famosa baixa-gastronomia paulistana), um sanduíche de mortadela bem feito, uma pizza daquelas, e até comida de hospital, veja bem.

Mas às vezes bate aquele peso na consciência, aquela vontade de ser mais….leve, e nunca sabemos ao certo para onde ir.

Fizemos uma pequena pesquisa entre nossos colaboradores e amigos para saber onde eles iam quando tinham um acesso de “vegetarianismo”. Conferimos as dicas, e descobrimos que dá para ser feliz com mais verde no prato. E dá para engordar também! Nada de alface aqui, rúcula lá. Nos buffets, encontramos massas deliciosas, batatas de todas as maneiras, e até as friturinhas que amamos, sem falar nas sobremesas…

Saboreie as opções testadas e aprovadas pelo Sampaist (menos pelo nosso editor que se recusa a entrar em um lugar onde não se sirva bacon):

Empório Siriuba é o preferido da Fernanda, pelo ambiente com paredes de vidro que permitem uma iluminação natural. Ela recomenda a “sensacional” lasanha de berinjela e abobrinha. Como sobremesa, o sorvete de iogurte. No menu, não insista: há somente alimentos orgânicos, que podem ser comprados no próprio restaurante. E no fundo, há árvores frutíferas e ervas, em um jardim com fonte e painel indiano. Lá você também pode fazer cursos exóticos, como “A arte de tomar chá” e “Jardinagem Gastronômica”!!!

vege3.JPG Marcela indica o Sattva, que funciona desde 1976, sendo o primeiro restaurante natural do Brasil! Ele abre durante o dia e à noite, e em uma certa época até teve apresentação de DJs. Ela diz que “eles têm um esquema de dieta que você pode acompanhar no restaurante, ou comprar congelado pra comer em casa”. No site, você consegue saber um pouco mais sobre essa tal “Dieta Sattva”.

Carol e Mayara aprovaram o Cachoeira Tropical. Sempre freqüentado por modeletes da região (no site tem até fotos de algumas celebridades que se jogam na salada), o ambiente é simples. Com aquele velho sistema “self service”, você fica mais à vontade para montar o prato.

Eu recomendo o Villa Manjerona, que além dos pratos super saborosos, tem uma decoração leve, cheio de flores e até uma árvore na entrada. O simpático espanhol ‘Seu’ Jorge, chef e dono do restaurante, ficou tão feliz com nossa presença que até nos deu um cd de fotos do lugar. Ambiente super familiar, a impressão é de que todo mundo se conhece. No site, você pode ler sobre vegetarianismo e depoimentos de pessoas que deixaram de comer carne. Eu quase revi os meus conceitos depois de um deles. Vocês sabiam que as galinhas…bem, isso fica para depois. Há 12 tipos de saladas e 10 refeições quentes. Difícil escolher a melhor, mas meu prato ficou pesado de tanto guacamole. O forte da casa são as sobremesas, preparem-se!

vege1.jpg O lacto-vegetariano Gopala Prasada foi unanimidade nas citações. Agora com dois restaurantes em uma travessa da Augusta, não se corre mais o risco de enfrentar uma fila gigante e perder a hora de almoço. O lugar é concorrido e eclético: famoso entre os moderninhos estilo “pré-sessão-Espaço-Unibanco”, entre os indies e hippie-chiques. Portanto, chegue cedo. Dá para saborear comida indiana pagando um valor fixo e e com R$1,00 a mais, você pode repetir até cair. Não é buffet, são uns PFs arrumadinhos com suco e tudo. A decoração é linda, logo na entrada você vê as pétalas de rosas espalhadas pelo chão. Na saída, compre seu adesivo “Peixe é amigo, não comida”. Básico!

Você tem alguma outra sugestão em seu bairro?

Fotos: “Salada” do Flickr Parafita; “Villa Manjerona” cedida pelo “Seu” Jorge ; “Gopala” do site oficial.

Empório Siriuba // Alameda Franca 1590 // Jardins // de terça a domingo, das 10h às 18h // tel: 3081 4303
Sattva // Alameda Itu 1564 // Cerqueira César – Zona Sul // tel:3083-6237
Cachoeira Tropical Vegetariano // Rua João Cachoeira, 275 // tel: 3079 7578
Villa Manjerona // Rua Ministro Jesuíno Cardoso, 411 – (Trav. da Av. Brig. Faria Lima) // Vila Olímpia // Tel.: 3845-0726

Gopala Prasada // Rua Antonio Carlos, 413 / 429 – Consolação // tel: 3283.3867 / 3289-1911



10 Responses to “Peixe é Amigo!”

  1. adoro vegetariano! (restaurante, não pessoa):-)
    tem um aqui em Perdizes, na Cardoso de Almeida, Bio alguma coisa. É perto da PUC. Vou ver o nome direitinho e passo pra vcs. Adorei o blog, parabéns.

  2. Eu vou quase que diariamente no Villa Manjerona. Eu amo as sobremesas que vão banana. A comida é mto boa!

  3. Eu adoro o Cachoeira Tropical. Lá dá pra comer muuuuuuito gastando menos de R$ 15.

    Na mesma linha tem o Nutrisom, no Viaduto Nove de Julho, que é um restaurante adventista. Também é muito bom!

    Na Rua Antonio de Queiroz, entre Augusta e Frei Caneca, tem uma das raras lanchonetes vegetarianas em SP, chamada Viva Melhor. Sandubas e sucos DELICIOSOS!

    E agora tem até um serviço de marmitex vegan super saboroso que peço de vez em quando, a Grano Alimentos Vegetarianos.

    Esse guia é bem útil! http://www.guiavegano.com.br, tem todos os endereços de SP lá!

    PS: Não sou vegetariana mas meu namorado é então acabei gostando dessa cozinha. Sei que faz mal mas não consigo largar a marvada carne! ;oD

  4. Hummm….acho que vamos ter que fazer “Peixe é Amigo – parte II”

  5. Não conhecia este Villa Manjerona…preciso ir conhecer, parece ser lindo e ter comidas deliciosas…

    Faltaram alguns restaurantes que recomendo:
    Lagoa Tropical (na Rua Borges Lagoa – Vl. Mariana);
    Lótus (no Centro, perto da estação Luz, onde eu sempre como além da conta, porque tem comida maravilhosa, é um vegetariano oriental);
    Vegacy (na Rua Augusta, na Galeria ao lado do Cinesesc, simples e delicioso, vegan);
    E o Vegethus, tbém vegan, na Padre Machado, perto do Shopping Metrô Santa Cruz).

    Faça um Peixe é Amigo II sim!!!

  6. Ah! Não poderia esquecer do outro oriental vegetariano, o Itiriki, que fica na Praça da Liberdade, em frente ao metrô. É dos mesmos donos da Bakery Itiriki, a padaria mais conhecida do bairro.
    Lá tem yakissoba, rolinho primavera, guioza, e outros pratos da cozinha oriental em versões vegetarianas, além de pratos com muito cogumelo, que eu amo!

  7. Um restaurante natural MARAVILHOSO é o Moinho de Pedra. Precisou até se mudar para uma casa maior depois de tanto sucesso. É fantástico, vale a pena, quem não conhece e gosta de comida natural não sabe o que está perdendo. Rua Francisco de Moraes, 227. Chácara Santo Antônio – Zona Sul – 5181-0581.

  8. Olá

    gostaria de lembrar que o Siriuba não é vegetariano, e sim ORGÂNICO

  9. Vegetarianos

    PREMA – fica em Pinheiros
    muuuuito bom, indiano, lactovegê
    Rua Diogo Moreira, 312 – Pinheiros – f: 3815-1448
    Ambiente delicioso

    LÓTUS
    Av. Senador Queirós esquina com Brigadeiro Tobias, tem confeitaria também
    Iguarias da culinária brasileira e chinesa, em versões ovo-lacto-vegês
    o único “porém” é a atendente do buffet (a quilo), meio malcriada, fica insistindo em grampear (ou confiscar, até o final do almoço) a sua “comanda”, a troco de não sei o quê.

    Beijos

    p.s. tô indo conhecer o Siriuba hoje… depois eu posto o comentário

  10. Somando mais um que não poderia ter sido esquecido: o Gaia ( http://www.gaiavegetariano.com.br ), na Cônego Eugenio Leite, em Pinheiros/Vila.

    Paga-se um preço fixo, escolhendo 1 das 3 opções vets do dia, com direito a repite (meia porção) de qq uma, mais suco a vontade e sobremesa (ultra-mini-pequenina).