Por uma São Paulo mais limpa

luz.jpg

A Favela do Moinho fica entre as estações Luz e Barra Funda. Nela vivem cerca de 1.800 pessoas em aproximadamente 450 moradias alojadas entre cômodos e barracos montados em um prédio abandonado, mais conhecido pelos moradores como flat. Nos fundos da favela, a vista privilegiada da estação da Luz.

E é exatamente por esta aproximação que a CPTM anda um tanto quanto insatisfeita. É que os moradores do Moinho costumam arremessar o lixo nos trilhos das estações, o que dificulta o andamento à operação dos trens e a qualidade do meio ambiente.

Para administrar este problema, a CPTM organizou um mutirão “cata bagulho” com os moradores da favela junto com Limpurb (concessionária que coleta o lixo na região), subprefeitura da Sé, LBV (Legião da Boa Vontade), membros da Aliança de Misericórdia (que prestam serviço na comunidade) e da Associação dos Moradores.

A iniciativa está marcada para este sábado e acontecerá das 7 às 16 horas.

Favela do Moinho// Entrada pela rua Dr. Elias Chaves – Santa Cecília// embaixo do viaduto eng. Orlando Murgel (conhecido como Rio Branco).

Fotos do Flickr do Marcelo Alves



2 Responses to “Por uma São Paulo mais limpa”

  1. Quero solicitar ao produtor do informe que o link da LBV esta errado. Solicito a Correção:

    http://www.boavontade.com.br

    Grato!

    Renato Santos

  2. Porque infelismente, proposital ou não, indicaram um site evangélico que fala mau de nossos trabalho e deturpam a filosofia da Legião da Boa Vontade. Assim, solicitamos que corrige o site da da LBV: http://www.boavontade.com.br

    Grato!

    Renato Santos