“Eram só umas coisinhas de coleção…”

garagem.jpg Sampaist foi conferir a casa de Violeta de Carvalho Martinez, a velhinha que juntava lixo, e ver como ficou o local depois da limpeza e o saldo de tudo.

Desde as 17h de domingo até 14h de ontem, 24 homens da Prefeitura tiraram – pasmem – 26 caminhões de lixo do local! Isso dá mais ou menos 72 toneladas, que foram levadas para um aterro sanitário.

A estimativa da subprefeitura de Pinheiros é de que a casa armazenava 250 toneladas de lixo, entre resíduos orgânicos e inorgânicos. Como todos os cômodos estavam lotados do chão ao teto, ela dormia em um Fiat 147 verde em um canto da garagem.

Pelo que vimos a garagem já está transitável, mas o cheiro continua ruim. Ela e o filho foram indiciados por crime contra a saúde pública.

Por ser bem de vida – foram achadas escrituras de 16 imóveis em bairros nobres da cidade na casa dela – e estar sempre bem vestida e limpa, a suspeita é que ela sofra de TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) ou distúrbio maníaco depressivo.

Sampaist já está limpando as prateleiras e a garagem, antes que alguém denuncie!



Comments are closed.