Matrix, o bar

matrix.jpg A geração “anos 90” e seus costumeiros estereótipos que me perdoe, mas alguns bares paulistanos marcaram a ferro e brasa a última década.

Tido durante muitos anos como ícone da cultura “cool” de São Paulo, o Matrix foi capa de revistas, destaques em jornais, além de já ter recebido personalidades e bandas de todos os cantos da metrópole.

O bar, considerado um dos primeiros redutos alternativos da cidade, funciona fielmente no mesmo local há 10 anos e mantém boa parte das características originais de quando abriu.

Quadros de lutadores de boxe e pôsteres de shows de bandas ícone do rock’n’roll compõem a decoração do local.

O jeito “sujão” de ser, para muitos, é o grande atrativo da casa. Além de deixar de lado qualquer tipo de frescura, o bar vende vinho em garrafa por um preço justo e mantém suas raízes underground com DJs que usam e abusam da criatividade. Um deles, inclusive, anima as sextas-feiras com desconhecidas músicas francesas e estridentes vocais femininos.

A pista, apesar de pequena, é bastante ventilada. Em contrapartida o banheiro é algo que poderia – e deveria – ser melhorado; mal cabe uma pessoa dentro das cabines.

Há anos a “mocinha anos 50” mantém um brechó dentro do bar. Sempre com o mesmo visual, a garota parece fazer parte da decoração. É difícil imaginar o Matrix sem a moça de cílios postiços da lojinha.

Outra coisa bacana do bar é a “não utilização” de comandas, ou seja, quando você perceber que já está “para lá de Bagdá”, é só bater na portinha, pedir para sair e tomar um ar fresco do lado de fora.

Diferente de outros bares da moda – até porque o Matrix saiu de moda há alguns anos – as bebidas não são absurdamente caras e o preço do ingresso justo: R$10,00 para homens; mulheres entram “na faixa” durante toda a noite.

Apreciadores de boa música e de bebida barata certamente não se arrependerão de conhecer mais um cantinho “obscuro” de São Paulo.

Serviço:
O quê: Matrix Bar & Café
Onde: Rua Aspicuelta, 459
Vila Madalena – São Paulo – SP
Quando: quinta à sábado, das 22h00 às 5h00
Mais informações: contato@matrixbar.com.br



4 Responses to “Matrix, o bar”

  1. Sampaist sempre dando ótimas dicas de cultura e entretenimento… anotei td e vou conferir!

    abraços!

  2. O DJ das sextas-feiras que toca os french pop é o Aldo, que pra deixar tudo mais família, é casado com a ‘mocinha anos 50′ Lavignia.
    O Aldo por sinal discotecava no Der Temple e foi o anfitrião de Kurt Cobain e Courtney Love que à época do show do Nirvana no Brasil saíram pela paulicéia e acabaram se enfiando no Der Temple pra ouvir rock and roll.

  3. que lindooooooooooo seu blog!!!!!!!!! adorei vou voltar sempreeeeeeeeee

  4. eu adorei o seu website! abraços
    jogos para meninas